08/05/2013 às 16h10min - Atualizada em 08/05/2013 às 16h10min

PM ESTOURA MAIS UMA BOCA DE FUMO EM BACABAL

Resultado de mais uma ação de combate à expansão do tráfico de drogas na região

SSP/MA

 

Resultado de mais uma ação de combate à expansão do tráfico de drogas na região central do estado, policiais do Serviço de Inteligência do 15ºBPM, coordenados pelo tenente-coronel Egídio Amaral, identificaram mais uma residência que funcionava como ponto de venda de drogas em Bacabal. Na ocasião, três pessoas da mesma família foram detidas e conduzidas ao distrito policial daquele município. O trio, de acordo com a polícia, não permanecia muito tempo na mesma residência para não levantar suspeitas.

Foram detidos, Antonio Gonçalves Viana, 23 anos; a esposa Fernanda Sousa Pereira, 27, ambos residentes na Rua dos Prazeres, e Vanderléia Moreira Sousa, 25, também residente no Bairro Trizidela, naquele município. Para a polícia, o trio era responsável por abastecer as bocas de fumo nos bairros de Trizidela, Mangueira, Cajueiro, Presídio e Alto Bandeirantes.

Em poder dos detidos, a PM apreendeu 450g de uma substância aparentando ser crack; um refrigerador eletrolux; uma televisão de 20 polegadas; uma moto Titan, de placas KKU 0151, além de vários aparelhos eletrodomésticos.

Após serem detidos, os acusados foram encaminhados à 16ª delegacia Regional, onde foram ouvidos e autuados pelo delegado Carlos Alessandro de Assis. Em depoimento, os três negaram saber a procedência da droga, mesmo tendo sido encontrada o entorpecente em sua residência.

O comandante da operação afirmou que outros pontos de venda já foram identificados. “Um trabalho conjunto da PM com o delegado Carlos Alessandro, já mapeou todos os pontos de venda da região. Nossas ações vão continuar e vamos garantir a sensação de liberdade e segurança à população”, frisou o tenente-coronel Egidio Amaral.

O trio foi autuado por associação ao tráfico de drogas. Antonio Gonçalves foi encaminhado a Unidade de Ressocialização de Bacabal e as duas mulheres serão conduzidas à delegacia de Alto Alegre do Maranhão, que possui celas femininas. Eles permanecerão detidos à disposição da Justiça.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp