30/05/2014 às 08h56min - Atualizada em 30/05/2014 às 08h56min

Sedihc realiza Encontro de Direitos Humanos em Viana

O seminário, promovido em parceria com as prefeituras da regional de Viana, e que teve início nesta quarta-feira (28) com o objetivo de fortalecer a política de direitos humanos

Sedihc

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) encerrou nesta quinta-feira (29), em Viana, o II Seminário Regionalizado de Direitos Humanos, com o tema “Construindo estratégias intersetoriais de enfretamento às violações de Direitos Humanos através da interiorização da política”.

O seminário, promovido em parceria com as prefeituras da regional de Viana, e que teve início nesta quarta-feira (28) com o objetivo de fortalecer a política de direitos humanos, em diversos municípios do Maranhão contou com a participação de 500 pessoas.

Para a secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira, o evento é uma ótima oportunidade para capacitar os técnicos das prefeituras e entidades, além de fortalecer a rede de direitos humanos em todo o estado.

“Nossa equipe está mobilizada para realizar quatro seminários de capacitações para abranger todas as regiões do Maranhão e contemplar todos os técnicos e interessados em contribuir para uma política pública de mais qualidade na área de direitos humanos”, informou Luiza Oliveira.

Na ocasião, técnicos da Sedihc levaram informações, palestras e apresentações relacionadas ao combate à exploração sexual contra crianças e adolescentes, combate ao trabalho escravo, campanha pelo Registro Civil de Nascimento, entre outros assuntos.

O prefeito de Viana, Chico Gomes, agradeceu a iniciativa do Governo do Estado e parabenizou o empenho da Sedihc. “Aqui no nosso município, também temos uma Secretaria de Direitos Humanos e estamos abertos para dialogar e priorizar as necessidades que atendam a qualidade de vida da população”, enfatizou.

Durante o Seminário, a secretária Luiza Oliveira destacou a importância da participação coletiva para o êxito dos trabalhos. “A sociedade civil, o poder público e todas as instituições são responsáveis pela garantia da cidadania dos maranhenses, e devemos estar empenhados para concretizar um trabalho que chegue a todos, respeitando e garantindo seus direitos”, acrescentou.

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp