30/05/2014 às 07h08min - Atualizada em 30/05/2014 às 07h08min

TAA comemora 197 anos com lançamento do projeto da Orquestra Sinfônica do Maranhão

O Concerto 197 anos do TAA acontece às 20h, com entrada franca, terá cerca de 60 minutos e contará no repertório com peças de Mozart, Antônio Rayol, Anacleto de Medeiros e Pucell.

Secma

Os 197 anos de aniversário do Teatro Arthur Azevedo serão comemorados com música instrumental de qualidade, na terça-feira (3), com a apresentação de músicos no lançamento do projeto da Orquestra Sinfônica do Maranhão, que será formada por professores, estudantes de música em nível avançado e músicos profissionais do estado, que serão selecionados em edital, a ser lançado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, através da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Maranhão - Fapema.

O Concerto 197 anos do TAA acontece às 20h, com entrada franca, terá cerca de 60 minutos e contará no repertório com peças de Mozart, Antônio Rayol, Anacleto de Medeiros e Pucell. Será apresentado por professores e alunos da Orquestra de Cordas da Emem e outros músicos convidados das seções de madeira (flautas e clarinetes), e de sopro, que são o embrião da Orquestra Sinfônica do Estado do Maranhão (OSEM). Na formação a Orquestra do Concerto tem sete violinos, uma viola, dois violoncelos, um contrabaixo, flautas, clarinetes, trompa, trompetes, trombones e tuba, com regência do maestro Joaquim Santos.

“A criação da Orquestra Sinfônica do Maranhão é um sonho dos músicos maranhenses e que, agora, está perto de se tornar realidade. Como é meta instalar a orquestra no Teatro Arthur Azevedo, a data de aniversário da casa é propicia para abraçar e lançar o projeto em noite de festa”, ressalta Raimundo Luiz, diretor do Emem.

Para a criação da OSEM músicos e regentes de outros estados estão sendo contatados para vir a São Luís ministrar curso e organizar a orquestra. Em seguida será feita a seleção dos integrantes, através do edital de inscrição, onde músicos e estudantes de música, em nível avançado, poderão participar, assim como músicos maranhenses que residem fora do estado, que poderão fazer parte também da seleção.

“Temos uma proposta diferente dos outros projetos para a nossa orquestra. Pensamos em ampliação. Assim, os músicos selecionados através do edital serão avaliados por uma banca de músicos e regentes de fora, e poderão, futuramente, dar aulas a novos músicos, que passarão a integrar também a orquestra após testes de conhecimento. Nossa intenção é formar uma verdadeira sinfônica”, informa Joaquim Santos, músico regente.

Para os músicos selecionados no edital que deverá ser aberto, será oferecida uma bolsa salário com duração de dois anos, tempo suficiente para a orquestra se estabelecer e fortalecer.

TAA Anos de Glórias

São 197 anos de muita história, sucessos, bravos e glórias que fazem do Teatro Arthur Azevedo uma das principais casas de espetáculos do país. Por ali já passaram grandes nomes das artes cênicas do Maranhão, do Brasil e de outros países. Ao longo de quase duas centenas de vida, o TAA se mantém como o segundo mais antigo teatro em atividade no Brasil, ficando atrás apenas do Teatro Ouro Preto (MG).

É um dos dezesseis teatros monumentos do Brasil, pelas suas características museológicas. Há dois anos recebeu mais um título, o de ser um dos sete Tesouros do Patrimônio Cultural Imaterial de São Luís, título concedido pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais, quando das comemorações de 400 anos da cidade de São Luís.

Aberto em 1º de junho de 1817, com o nome de Teatro União. Depois, se chamou Teatro São Luiz e, somente no início do século XX, por determinação de ex-governador Urbano Santos recebeu o nome de Teatro Arthur Azevedo, em homenagem ao dramaturgo maranhense falecido na cidade do Rio de Janeiro, em 1908. O palco do Arthur Azevedo viu nascer a primeira atriz genuinamente brasileira, Apolônia Pinto, em 1854, que estreou aos 15 anos com o espetáculo "A Cigana de Paris", em 1866.

O TAA sofreu sete interrupções em seu funcionamento, fechando para reformas. A primeira entre os anos de 1852 e 1854 e a última entre 2002 e 2005. Mas, a reforma mais significativa aconteceu de 1991 e 1993, quando técnicos, engenheiros e arquitetos realizaram pesquisa histórica na busca de reconstituir os detalhes originais já desaparecidos nas reformas sofridas e aliá-los à modernização das casas do gênero.

Em estilo neoclássico, o Arthur Azevedo conta com uma plateia de 756 lugares, distribuídos em áreas de plateia, frisa, camarote, balcão e galeria.

Atividades Culturais

Na busca de abrir e oferecer oportunidades, desde 2005, o TAA desenvolve projetos de formação de plateia e de capacitação cênica. Também passou a realizar cursos e oficinas no sentido de suprir as carências e incentivar e despertar a arte entre crianças e adolescentes, por meio do projeto Núcleo Arte Educação (NAE), desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, na realização de cursos de artes nos segmentos do teatro, dança e música (canto e piano), com alunos de escolas públicas estaduais, na faixa etária de 8 aos 16 anos, no turno matutino, com aulas em dias alternados.

O NAE permite que a classe estudantil e a comunidade em geral tenham acesso em sessões especiais de espetáculos de teatro, dança e música, no calendário artístico do TAA, como as Semanas de Teatro, de Dança e os espetáculos de encerramento de atividades do projeto, informa Roberto Brandão, diretor do TAA.

O teatro ainda desenvolve ações que já fazem parte desse calendário aguardado pelas comunidades artísticas quando realiza a Semana de Teatro e a Semana de Dança, trazendo profissionais entre artistas e professores para ministrarem cursos e oficinas.

 

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp