08/05/2013 às 12h32min - Atualizada em 08/05/2013 às 12h32min

Pastor é preso suspeito de cometer estupros

+

TV Maranhense

A polícia do Rio de Janeiro prendeu um pastor evangélico conhecido por intermediar rebeliões e ajudar usuários de drogas. Ele é suspeito de cometer estupros e agressões sexuais contra fiéis.

O pastor que aparece em imagens divulgadas na internet é Marcos Pereira, conhecido no Rio por grandes sessões religiosas e por ajudar a recuperação de usuários de drogas. Há um ano, ele é investigado pela polícia por associação ao tráfico. 

Nesse período, porém, apareceram denuncias de estupro, que levaram a prisão preventiva do pastor. Desde o ano passado, seis seguidoras da Assembleia de Deus dos Últimos Dias prestaram depoimento relatando agressões sexuais.

Entre as seguidoras está a ex-mulher do pastor, que teria sido abusada quando ainda era casada com o suspeito. Além disso, pelo menos quatro mulheres teriam sido ameaçadas.

Do lado de fora da delegacia, fiéis da Igreja que existe desde 1993 se reuniram no inicio da madrugada em apoio ao pastor. Entre eles estava o cantor Waguinho, que é seguidor há nove anos.

A polícia investiga também a participação do pastor em quatro homicídios e em esquemas de lavagem de dinheiro do tráfico, além da participação de menores em orgias com os fiéis – elas seriam organizadas pelo religioso e teriam ocorrido num apartamento de Copacabana. O imóvel, avaliado em R$ 8 milhões, está no nome da Assembleia de Deus dos Últimos Dias.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp