26/05/2014 às 09h39min - Atualizada em 26/05/2014 às 09h39min

Atendimento médico é iniciado em nova sede do CAPS AD

O novo prédio está localizado na Rua Martinus Hoyer, Quadra R, Casa 22, no Sítio Leal

Secom/Prefeitura de São Luís

O Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas (CAPS AD) da Prefeitura de São Luís iniciou neste mês o atendimento em sua nova sede no bairro do Filipinho. O novo prédio está localizado na Rua Martinus Hoyer, Quadra R, Casa 22, no Sítio Leal. No novo endereço, o CAPS oferta os mesmos serviços da antiga sede, no Monte Castelo, com atendimentos individuais e coletivos e visitas domiciliares.

A unidade está vinculada à Secretaria de Saúde (Semus) e dispõe de equipe multidisciplinar constituída por médicos psiquiatras, enfermeiros, técnicos de enfermagem, terapeutas ocupacionais, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, fisioterapeuta, entre outros profissionais. Também são promovidas, periodicamente, atividades paralelas e complementares, constituídas por palestras educativas sobre temas ligados à área da saúde, como o combate às drogas e prevenção de DST/AIDS.
 
De acordo com a secretária de Saúde, Helena Duailibe, as mudanças no CAPS seguem a política de ressocialização determinada na gestão do prefeito Edivaldo. “Desde que assumiu, o prefeito determinou que as ações voltadas para esse público estivessem entre as nossas prioridades. Estamos cumprindo com afinco a determinação, devolvendo à sociedade pessoas que antes estavam marginalizadas”, informou.
 
Atualmente, cerca de 200 pessoas dependentes de álcool, crack e outras drogas são assistidas pela instituição. Em cinco anos de atividade, o CAPS AD já atendeu aproximadamente 1.770 pessoas. Entre as ações de ressocialização destacam-se as atividades desenvolvidas em datas especificas como o Dia das Mães. Durante as comemorações deste mês, os pacientes participaram da encenação de peças teatrais e de ações de interação social como lanche coletivo e momentos de oração.
 
A diretora da unidade, Márcia de Souza Rodrigues, explicou que os pacientes são tratados seguindo os regimes intensivo, semi-intensivo e não-intensivo. No tratamento intensivo, o atendimento é realizado de segunda à sexta-feira. Já no regime semi-intensivo o paciente deverá comparecer ao CAPS três vezes por semana. Enquanto no tratamento não-intensivo, o atendimento é realizado a cada 15 dias. 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp