02/05/2013 às 22h53min - Atualizada em 02/05/2013 às 22h53min

Com um a mais, Galo vira sobre o São Paulo

São Paulo impõe ritmo forte e sai na frente, mas Lúcio é expulso, Galo vira a partida e garante vantagem

Da Redação, com Lancepress

O Atlético-MG realmente parece ter aproveitado para conhecer bem o São Paulo na última partida da fase de grupos no Morumbi. O jogo praticado pelos atleticanos foi bem diferente do "treino", dito por Ronaldinho, duas semanas atrás. Aproveitando-se da superioridade numérica, já que Lúcio foi expulso aos 35 minutos da primeira etapa, o Galo reverteu o placar, fez 2 a 1 e saiu vencedor do confronto. Agora, o time de melhor campanha joga em seus domínios com a classificação na mão.

Os times voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, no Independência. A vantagem é do Galo que pode até perder por 1 a 0 ou empatar que fica com a vaga. A única solução para o Tricolor é a vitória por dois gols de diferença.

Contudo, antes do embate, ambas as equipes tem compromisso pelos estaduais. O São Paulo faz o clássico com o Corinthians, no domingo, valendo vaga na final do Paulistão. O Atlético-MG recebe o Tombense, também pela semifinal, em casa e tem vantagem de 2 a 0 da primeira partida.

Confira o lance a lance e as estatísticas da partida.

O Jogo

Os donos da casa, embalados pela torcida, começaram a mil por hora. Bastaram oito minutos de pressão para a bola entrar. Em boa jogada de Aloísio pelo lado direito, Ganso recebeu, deixou Réver e Richarlyson no chão e deu um belo passe para Jadson. Tranquilo, o meia só tocou no canto esquerdo de Victor. A blitz apenas começava.

Substituto de Aloísio, que saiu com uma lesão muscular, Ademilson foi o mais acionado. Apesar de bem posicionado, o garoto cansou de perder gols. Um deles, sozinho na pequena área e que chutou por cima da meta. Ninguém acreditava.

Mas o baque para o Tricolor ainda estava por vir. Lúcio fez falta grotesca em Bernard. Já amarelado minutos antes, foi para o chuveiro mais cedo, aos 35. Dito e feito. Seis minutos depois, Ronaldinho aproveitou cruzamento de escanteio e cabeceou no canto esquerdo de Rogério Ceni. O domínio passou a ser mineiro e o árbitro encerrou o primeiro tempo com um São Paulo atordoado em campo.

Segundo Tempo

E a etapa final começou como terminou a inicial, com pressão do Galo. Com todo time do São Paulo no campo de defasa, os atleticanos ficaram com ampla posse de bola. Tocou de pé em pé, teve paciência, aos 14, a recompensa chegou. Marcos Rocha acionou Tardelli. Rápido, o atacante antecipou Rhodolfo e bateu forte para rede do capitão são-paulino. O silêncio predominou no Morumbi.

Com um a menos, o Tricolor ficava na dele. Assustou em uma avançada rápida ou outra de Osvaldo. A expulsão de Lúcio se mostrava cada vez mais decisiva para a equipe paulista.

Em desvantagem, os donos da casa passaram a sair mais para o jogo a partir dos 20 minutos. Mesmo assim, com o receio de tomar um contra-ataque, não conseguia criar grandes perigos para a zaga mineira.

Se as coisas já não iam bem, o técnico Ney Franco teve mais problemas. Rhodolfo, que tinha entrado na vaga de Ademilson, vindo do banco para o lugar de Aloísio lesionado, também sentiu um problema muscular e teve de sair de campo carregado pelos companheiros.

O Atlético ainda incomodou e manteve o controle da partida até o final. Mesmo assim, o 2 a 1 prevaleceu. O Galo consegue uma baita vantagem para Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data/Horário: 2/5/2013, às 20h15

Árbitro: Antonio Arias (PAR)

Assistentes: Carlos Cáceres e Darío Gaona (PAR)

Gols: Jadson, aos 8'/1°T (1-0); Ronaldinho Gaúcho, 41'/1°T (1-1); Diego Tardelli, 14'/2°T (1-2)

Cartões amarelos: Marcos Rocha, Leandro Donizete, Bernard e Josué (Atlético-MG)

Cartões vermelhos: Lúcio, 35'/1°T (São Paulo)

Público e renda: 57.401 pagantes / R$ 2.971.070,00

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Rafael Toloi e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e P.H.Ganso; Osvaldo e Aloísio (Ademilson) (Rhodolfo), (Douglas). Técnico: Ney Franco

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete (Josué), Diego Tardelli (Rosinei), Ronaldinho Gaúcho e Bernard (Luan); Jô. Técnico: Cuca

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp