28/04/2014 às 09h44min - Atualizada em 28/04/2014 às 09h44min

Prefeitura desenvolve atividades na zona rural pelo mês do livro infantil

A ação é realizada seguindo a instrução do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de oferecer benefícios práticos para os estudantes, despertando o interesse pela cultura letrada e melhorando o uso da linguagem falada e escrita

Secom/Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís mantém até o final deste mês programação alusiva ao Dia Mundial e ao Dia Nacional do Livro Infantil, ambos comemorados em abril. Com o tema “Abril, mês do livro infantil”, a programação teve inicio no dia 2 e durante esta semana foi a vez dos estudantes da Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Ana Lúcia Chaves Fecury e da U.E.B. Josefina Serrão, na zona rural, participarem das atividades.

A ação é realizada seguindo a instrução do prefeito Edivaldo Holanda Júnior de oferecer benefícios práticos para os estudantes, despertando o interesse pela cultura letrada e melhorando o uso da linguagem falada e escrita. As atividades são realizadas através de parceria entre a Fundação Municipal de Cultura (Func) e a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Os alunos da U.E.B. Ana Lúcia Chaves Fecury conheceram a Biblioteca Municipal José Sarney. Mauro Marques, gestor da escola, acompanhou a visita e ratificou a importância do fomento à valorização do livro. “Pretendemos despertar o prazer da leitura para a criança, tendo em vista que esta é uma forma de desenvolver a consciência crítica dos nossos alunos”, destacou.

Já na biblioteca Viriato Corrêa, seção infantil da Biblioteca Pública Benedito Leite, quem visitou os acervos literários foram os alunos da U.E.B. Josefina Serrão. Aproximadamente cem crianças de quatro a dez anos de idade, que já integram um projeto literário da própria escola, aproveitaram a oportunidade para participar de rodas de leitura, momentos de pintura, e assistir vídeos educativos e peças teatrais.

“Nós percebemos que o projeto realmente incentivou as crianças. Agora elas pedem livros emprestados, levam para casa. Estão cotidianamente em contato com a leitura”, comenta o gestor da U.E.B. Josefina Serrrão, Leandro Silva.

Além da visita a bibliotecas, os estudantes das duas unidades de ensino também participaram de oficinas de criatividade, contação de história e leitura de livros infantis.

PROGRAMAÇÃO

A programação vai até o dia 30, quando haverá o encerramento na Praça do Viva do Bairro de Fátima, com a participação de palhaços e contação de histórias com a Companhia Tapete e alunos da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Na ocasião, os autores Márcio Henrique de Jesus Almeida e Francimeire Cavalcanti de Sousa farão o relançamento de “O Livro e o Cometa”, obra infanto-juvenil que conta a história de um cometa que viaja todas as galáxias para encontrar o Livro, um “ser tão bem falado em todo o universo pelo seu potencial transformador”.

Para o titular da Semed, Geraldo Castro, iniciativas como esta são imprescindíveis dentro do campo educacional e devem ser continuamente aperfeiçoadas. “Quando incentivamos e damos condições para que estas crianças se familiarizem com a literatura, damos a elas condições de sonhar, despertamos sua criatividade e formamos cidadãos mais dignos”, disse o secretário.

SAIBA MAIS

No dia 2 de abril, é comemorado o Dia Internacional do Livro Infantil. Foi nessa data que nasceu o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, considerado o maior escritor de histórias para crianças do mundo. São da autoria de Andersen histórias como “O Patinho Feio”, “O Soldadinho de Chumbo” e “A Pequena Sereia”. A data é comemorada em mais de sessenta países.

Já no dia 18 de abril, as comemorações são em virtude do nascimento de Monteiro Lobato, considerado o maior escritor brasileiro na área. Lobato resgatou e consagrou no imaginário infantil o dia-a-dia das pessoas do campo e os personagens do folclore brasileiro.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp