25/04/2014 às 08h45min - Atualizada em 25/04/2014 às 08h45min

Tio de Bernardo acredita que irmão é inocente

"Jamais ele faria isso, o relacionamento dos dois era normal, o filho dele era um herói para ele", afirmou Wilson Boldrini

Do Brasil Urgente - noticias@band.com.br
Band


O tio do menino Bernardo Boldrini, de 11 anos, morto com uma injeção letal e enterrado em um matagal na cidade de Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul, defendeu o irmão, Leandro Boldrini, e disse acreditar que ele é inocente no caso. 

"Jamais ele faria isso, o relacionamento dos dois era normal, o filho dele era um herói para ele", afirmou Wilson Boldrini. Segundo ele, o irmão era uma pessoa humilde e fez medicina com o objetivo de salvar vidas, que trabalhava muito para isso. 

Questionado no Brasil Urgente sobre a relação da madrasta Graciele com o menino Bernardo, Wilson também disse que não acreditava que ela não gostava no menino. "Achávamos que ela tinha uma relação sadia com o menino", afirmou. 

Entenda o caso

Bernardo Boldrini, de 11 anos, foi encontrado morto em um matagal na cidade de Frederico Westphalen, no Rio Grande do Sul.

Segundo a Polícia Civil, a madrasta, uma amiga dela e o pai da vítima são os principais suspeitos de terem cometido o crime. O menino teria sido morto com uma injeção letal.

A investigação aponta indícios de que o crime foi motivado por questões financeiras. Essa é a tese de familiares de Odilaine Uglione, mãe do garoto, que morreu há quatro anos


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp