08/04/2014 às 10h42min - Atualizada em 08/04/2014 às 10h42min

Sistema informatizado de vagas a gestores escolares é disponibilizado

O ato representa mais uma etapa da ação estruturante determinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior para garantir a qualidade da rede pública municipal de ensino

Secom/Prefeitura de São Luís
Aplicado com sucesso para gerir o ingresso dos novos estudantes na rede municipal de ensino para o ano letivo de 2014, o sistema de gestão informatizada de vagas agora é disponibilizado para os gestores das escolas.
 
O ato representa mais uma etapa da ação estruturante determinada pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior para garantir a qualidade da rede pública municipal de ensino.

O sistema vai possibilitar aos gestores escolares atualizarem, em tempo real, informações sobre movimentações de alunos e docentes relativas à escola, como transferência entre turnos ou entre unidades de ensino, carga horária de professores, disponibilidade de vaga para novos estudantes ou demanda por mais professores.

“Esse é mais um passo dado por nós na garantia plena do que é determinado pela Constituição Federal e pelo Unicef e é uma forte orientação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior: que tenhamos toda criança na escola, e toda criança atendida por uma educação de qualidade”, declarou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro.

Para que os gestores fiquem aptos a utilizar o sistema, escolas da rede municipal de ensino estão funcionando como centrais de processamento de dados, recebendo as informações na medida em que capacitam os docentes.
 
O objetivo final é estender o sistema aos estudantes e suas famílias, com a inserção de dados como boletins escolares e a realização da matrícula sem precisar sair de casa, através da internet.

Geraldo Castro destacou a importância do sistema e garantiu que ele estará em execução permanente na rede. “Parabenizo toda a equipe que esteve envolvida nesse processo e garanto que vamos avançar. Este núcleo será permanente, uma vez que não há nada que se possa fazer hoje do ponto de vista dos recursos e do gerenciamento de processos que prescinda do censo, das informações corretas e atualizadas sobre a nossa rede”, afirmou.

Segundo a coordenadora da gestão informatizada de vagas da Semed, Ísis Lucas Braga, ao permitir que os gestores se apropriem dos dados existentes no sistema, a rede municipal de ensino consegue a máxima fidedignidade possível nas informações, o que ajuda a planejar as ações com mais precisão e pleitear recursos para um cenário mais próximo da realidade. “Com isso, a leitura do cenário passa a ser contínua, e não mais anual, apenas para o Educacenso do Governo Federal”, disse.

A partir de agora, além dos dados dos estudantes, o sistema deverá conter também os dados dos docentes e a matriz curricular da rede municipal de ensino.
 
Assim, será possível saber a carga horária das respectivas disciplinas e dos professores, e ainda planejar a distribuição desses docentes nas escolas. “Isso representa um subsídio para o RH na hora de definir questões como a lotação dos professores nas escolas. E também vamos poder saber, com certeza, em que região da cidade temos mais demanda por professores, por exemplo”, explicou Ísis Lucas Braga.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp