Portal Emaranhense Publicidade 728x90
04/03/2014 às 07h34min - Atualizada em 04/03/2014 às 07h34min

Cultura e muita folia na Passarela do Samba nesta segunda, 3

A programação começou a partir das 17h, com apresentação dos tambores de crioula no entorno da Passarela

Prefeitura de São Luís

Nesta segunda (03) a batucada do Carnaval aconteceu na Passarela do Samba, no Anel Viário, com os desfiles dos blocos organizados e escolas de samba de São Luís.

A programação começou a partir das 17h, com apresentação dos tambores de crioula no entorno da Passarela. No mesmo horário, os ingressos, limitado por pessoa, já estarão disponíveis na bilheteria para retirada nesta terça-feira (4).

Este ano o tema escolhido foi “Batuca Brasil na Passarela da Folia”, valorizando a diversidade dos batuques das manifestações culturais presentes na programação: da bateria de escola de samba aos contratempos dos blocos tradicionais, dos tambores de crioula à batida frenética das tribos de índio, dos apitos das turmas de samba à festa dos blocos organizados. Todos reunidos na grande Passarela do Samba que, em ano de Copa, celebra também a alegria de ser brasileiro.

Uma das novidades é a premiação para as escolas de samba, que vai até o 5º lugar. A grande vencedora receberá prêmio no valor de R$ 40 mil reais. Nove escolas estão na disputa.

A apuração com o resultado das escolas e blocos premiados será na quarta-feira de cinzas (04), no Estádio Nhozinho Santos, a partir das 14h.

Às 19h desfilaram os blocos No Maranhão o Babaçu Abunda, Turma do Saco, Os Liberais, Canto Quente, Beatos do Samba, Unidos da Vila Isabel e Dragões da Madre Deus.

Às 21h foi a vez das escolas de samba Terrestre do Samba, Túnel do Sacavém, Unidos de Ribamar e Flor do Samba.

Enredos dos desfiles de segunda 

A Terrestre do Samba é a primeira a desfilar  com o enredo “Rei ou de loucos, todos temos um pouco”, exaltando a loucura sadia que há em todos nós, as loucuras que ultrapassam limites pela paixão e fanatismo até chegar à loucura coletiva motivada pela emoção das festas, das competições e também a loucura provocada pelo amor.

A escola vai lembrar também que no Carnaval, todos se encontram na folia, independente de classe, profissão ou posição social. Do bairro da Estiva, zona rural de São Luís, a escola vai desfilar com 14 alas, 03 carros alegóricos.

“No arco-íris da diversidade, meu universo é multicor”. É o tema que será apresentado pela escola Túnel do Sacavém falando da diversidade sexual. A escola vai explorar o conceito de diversidade ligado com a ideia de pluralidade e multiplicidade cultural.

Nas cores verde, vermelho, amarelo, azul e branco, a escola do como símbolo um pandeiro em forma de túnel. Fundada em 1997, a Túnel do Sacavém entrará na Passarela com 12 alas e 04 carros alegóricos, com concepção carnavalesca de Washington Coelho.

A Unidos de Ribamar apresentará o tema “Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”, contando a história da evolução do homem que passou de vítima de predadores até se tornar o próprio predador, em outras palavras, virando “bicho”. Nas cores vermelho, branco, azul e amarelo, a escola entrará na Passarela do Samba com 13 alas, 04 carros alegóricos e concepção do carnavalesco Guilherme Mendes Ferreira.

Encerrando os desfiles, a Flor do Samba entrará com o enredo “Eu sou o néctar da felicidade”, falando da busca pela felicidade que está nos cinco sentidos, dividido em cinco carros alegóricos: o éden, o templo do amor, o templo da fartura, o templo dos sonhos e o carnaval (templo da folia) 15 alas, 5 carros alegóricos, formando ao todo 15 alas.

Julgamento dos Blocos Organizados 

Para os blocos organizados, os quesitos em julgamento são: fantasia, bateria, evolução e conjunto, letra e melodia. Cada bloco tem que desfilar com no mínimo 150 componentes.

A disputa é sempre empolgante na Passarela. Serão premiados do 1º ao 5º lugar, com os seguintes valores, respectivamente: 15 mil reais, 10 mil reais, 5 mil reais, 3 mil reais e 1.500 reais.

Estrutura da passarela 

A Fundação Municipal de Cultura (Func), realizadora do evento, espera receber um público de mais de 6 mil pessoas por dia, distribuídos em sete setores de arquibancadas com capacidade para 3.900 lugares.

36 camarotes foram disponibilizados, sendo 25 para a comercialização, nove camarotes para os jurados do concurso,  um para os locutores oficiais do evento, um para a cabine de som, e um institucional que comporta cerca de 300 pessoas; 1000 cadeiras de pista, localizadas à margem da Passarela.

Com 200 metros de pista (14 a mais para dispersão e concentração) e 12 metros de altura, a Passarela receberá mais de 82 agremiações. Entre as concorrentes 09 escolas de samba participam da disputa ao prêmio de R$ 40 mil reais.

Entre os blocos tradicionais do grupo A, a disputa gira em torno do prêmio de R$ 20 mil reais, e receberá R$ 15 mil reais ao grupo vencedor dos blocos tradicionais do grupo B e também ao vencedor dos blocos alternativos. 

O acesso à Passarela é livre, mediante a retirada gratuita de ingressos, por pessoa e por setor, a partir das 14h. Desta forma, a distribuição dos ingressos estará sujeita ao limite de 4 mil e 900 lugares por dia, não podendo ultrapassar esta margem.

Banheiros ecológicos estão espalhados dentro e em todo entorno da Passarela. E, também, barracas e vendedores ambulantes, credenciados e capacitados para o manejo e a utilização adequada de alimentos e venda de bebidas. Uma equipe da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa) estará orientando os comerciantes e consumidores, com a entrega de materiais descartáveis (luvas, toucas) e cartilhas explicativas.

Em efetivo de 80 policiais foi acionado pela Polícia Militar para garantir mais segurança na Passarela e entorno. Também haverá um posto de atendimento médico para primeiros socorros, com ambulância disponível durante o horário da programação.

Tudo isso, com o suporte das secretarias municipais: de Turismo (Setur), de Saúde (Semus), de Comunicação (Secom), de Obras e Serviços Públicos (Semosp), de Urbanismo e Habitação (Semurh), de Trânsito e Transporte (Smtt), de Segurança Alimentar (Semsa), de Segurança (Semusc), Instituto Municipal de Paisagem Urbana (Impur), além da 1ª Vara da Infância e Juventude, Centrais Elétricas do Maranhão (Cemar), Cité Luz, Corpo de Bombeiros e Delegacia de Costumes.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp