Portal Emaranhense Publicidade 728x90
04/03/2014 às 06h59min - Atualizada em 04/03/2014 às 06h59min

Prefeito Edivaldo investe na melhoria do atendimento nas unidades de saúde

Para o carnaval, foi montado um grande esquema para garantir a alegria do folião. Antes da folia momesca começar, equipes da Semus, fizeram campanhas de prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis (DST´s

Secom/Prefeitura de São Luís

Transferência de pacientes do Socorrão II para a Santa Casa e o Hospital Universitário, através de parceria que vem realizando cirurgias ortopédicas, com intuito de esvaziar os corredores do hospital e também a reativação de 26 leitos da Unidade Mista do Coroadinho, que servirão como retaguarda para os grandes hospitais são parte das ações para melhorar o atendimento nas unidades de saúde realizadas pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, nos últimos 30 dias.

“A Santa Casa, por exemplo, recebe 65 pacientes do Clementino Moura, enquanto o Hospital Universitário atende, às sextas-feiras, 10 pessoas oriundas dessa nossa unidade, a maioria na área de Ortopedia, para cirurgias de média complexidade”, informa a secretária de Saúde, Helena Duailibe.

Porém, as melhorias não se resumem apenas ao setor de urgência e emergência da capital. A Atenção Básica vem passando por um grande investimento, tanto que 20 médicos foram contratados para compor as equipes do Programa Saúde da Família (PSF), as quais vão atender prioritariamente os postos de saúde da zona rural da cidade.

A Prefeitura garantiu ainda a vacinação de crianças de até 5 anos contra o sarampo. Através de parceria com a Secretaria de Saúde do Estado e o Ministério da Saúde, 79 mil doses estão sendo ofertadas, até o dia 14 de março. A medida visa prevenir, qualquer caso da doença na capital, uma vez que vários casos foram registrados no nordeste.

Para o carnaval, foi montado um grande esquema para garantir a alegria do folião. Antes da folia momesca começar, equipes da Semus, fizeram campanhas de prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis (DST´s). Durante os quatro dias de festa, toda a estrutura das equipes do Samu foram reforçadas para que o atendimento de urgência e emergência, ocorra, caso necessário em qualquer hora do dia.

Na rede municipal de saúde, a população pode contar com as Unidades Mistas do Coroadinho, Bequimão, São Bernardo e Itaqui-Bacanga; os Socorrinhos do São Francisco e Cohatrac, o Posto de Saúde do Anil, os Socorrões I e II e Hospital da Criança. Todas as unidades foram previamente equipadas e os estoques de medicamentos e insumos foram reforçados; além disto, as escalas de trabalho dos profissionais também ganharam reforço.

Para os próximos dias, a Secretaria Municipal de Saúde já prepara a implantação de mais um importante serviço para a população de São Luís. Será oferecido o Teste Rápido Molecular para Tuberculose (TRM-TB), um exame inovador capaz de detectar em duas horas a presença do bacilo de Koch, transmissor da doença.

“A implantação desse serviço vai permitir o aumento dos percentuais de detecção segura da tuberculose e, com a maior agilidade no diagnóstico, teremos a quebra na cadeia de transmissão e o tratamento precoce, inclusive da chamada tuberculose resistente”, comenta Helena Duailibe.

Em 2013 foram diagnosticados 733 casos de tuberculose em São Luís e a meta do município é reduzir a taxa de mortalidade, que está em torno de 4%. Para isso, a principal estratégia será intensificar as ações de busca ativa, realizadas pelo Programa Municipal de Controle da Tuberculose.

Outro serviço de alto padrão será oferecido em breve à população de São Luís. Helena Duailibe informa que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior assinou contrato com o Hospital Aldenora Belo, autorizando a realização do exame Petscan, direcionado aos portadores de câncer, e que não tem cobertura pelo SUS e nem da maioria dos planos de saúde. O custo desse exame é de R$ 3.500. “Sensível aos problemas desses pacientes, o prefeito Edivaldo autorizou esse atendimento, utilizando recursos próprios da Prefeitura. É um grande avanço e uma forma de mostrar que a saúde municipal começa a alcançar as metas traçadas pela atual administração”, declarou.

PARCERIAS

A Prefeitura de São Luis tem buscado parcerias institucionais com os governos do Estado e federal. “Quando assumi, uma resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), determinava que recursos de 39 municípios fronteiriços com o Piauí fossem destinados para o Estado, sob o argumento de que aquele Estado, fazia atendimento de milhares de maranhenses dessas 39 cidades, principalmente na área de Oncologia. Procurei o secretário de Estado da Saúde, o Ricardo Murad e mostrei que isso era uma grande injustiça, que não traduzia a realidade, até porque temos uma grande referência no setor de Oncologia, que é o Hospital Aldenora Bello. O secretário decidiu então se ombrear nessa luta para evitar a drenagem desses recursos do Município”, explicou.

Segundo a secretária, o governo do Estado também ajudou o município com a doação de medicamentos neste Carnaval e lembrou que o atendimento das UPAS tem um grande impacto nos atendimentos de urgência e emergência da capital. Ela ressaltou também que avançou a parceria com a União, através da UFMA (Universidade Federal do Maranhão).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp