14/02/2014 às 12h03min - Atualizada em 14/02/2014 às 12h03min

Acusado de assassinato é condenado a 22 anos de prisão em Penalva

No banco dos réus, Ednaldo Morais Gomes, que foi condenado a 22 anos e três meses de prisão

CGJ-MA - Assessoria de Comunicação

A juíza Elaile Silva Carvalho, titular de Penalva, presidiu uma sessão do Tribunal do Júri na comarca, nesta quarta-feira (12). No banco dos réus, Ednaldo Morais Gomes, que foi condenado a 22 anos e três meses de prisão.

 

Ele estava sendo acusado de prática de homicídio duplamente qualificado contra José Domingos Ramos, em novembro de 2005.

 

De acordo com informações do processo, Ednaldo Gomes, conhecido como “Seu Edi” teria praticado o crime utilizando-se de meio cruel e por motivo torpe.

 

Edinaldo teria entrado em disputa com um comparsa, identificado como Valdir Carlos Reis, para ver quem tinha coragem de matar José Domingos Ramos, conhecido na cidade pelo apelido de “Zequinha de São Braz”. A vítima estaria embriagada na ocasião.

 

“As conseqüências foram demasiadamente maléficas, já que matou um pai de família que deixou vários filhos menores à época”, ressalta a sentença da juíza. O sentenciado ficou preso no período de novembro de 2012 a janeiro deste ano, sendo este intervalo a ser diminuído na pena de Ednaldo.

 

Ele deverá cumprir a pena inicialmente em regime fechado no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luis.

 

A juíza Elaile Silva Carvalho negou o pedido da defesa do acusado de recorrer em liberdade, haja vista que ele passou seis anos foragido da Justiça.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp