07/02/2014 às 10h39min - Atualizada em 07/02/2014 às 10h39min

Prefeitura intensifica as ações de prevenção a AIDS e DST

As atividades de prevenção do Programa Municipal de DST/AIDS e Hepatites Virais da Semus são desenvolvidas em todas as unidades de saúde da rede municipal com palestras e distribuição de preservativos

SECOM | Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), intensificou as ações de prevenção a AIDS.

Em dezembro passado houve a ampliação da distribuição de preservativos masculinos e femininos em grande quantidade em 11 unidades de saúde nos sete distritos da cidade, medida que facilitou o acesso das instituições parceiras, empresas, associações e instituições de ensino que realizam atividades de prevenção às DST/Aids.

O coordenador do Programa Municipal de DST/AIDS e Hepatites Virais, Claudean Serra explica que houve queda na adesão de jovens ao uso do preservativo, situação que pode levar ao aumento da incidência da Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis. “A Prefeitura está investindo ainda mais na educação e orientação, especialmente da população mais jovem, que não pode considerar a Aids uma doença fora da sua realidade”, afirma o coordenador.

As atividades de prevenção do Programa Municipal de DST/AIDS e Hepatites Virais da Semus são desenvolvidas em todas as unidades de saúde da rede municipal com palestras e distribuição de preservativos; além disso, os Centros de Testagem e Aconselhamento do Lira e Anil e o Centro de Saúde do Bairro de Fátima realizam testes para diagnóstico da infecção por HIV.

Saiba mais

A AIDS é uma doença causada pelo vírus HIV que ataca as células responsáveis pela defesa do organismo, deixando a pessoa vulnerável a doenças oportunistas. A Aids não tem cura, mas tem tratamento.

Quanto mais cedo for detectado o vírus e iniciado o tratamento melhor será sua qualidade de vida. Em situações de risco (sexo sem preservativo, uso de seringa contaminada, transmissão vertical) recomenda-se fazer o teste anti HIV.

Todos têm que se prevenir: homens e mulheres, casados ou solteiros, jovens e idosos, independente de cor, raça, situação econômica ou orientação sexual.

A melhor prevenção é o uso correto da camisinha em todas as relações sexuais e o não compartilhamento de agulhas e seringas.

Para evitar que a Aids passe da mãe para o filho, todas as gestantes devem começar o pré-natal o mais cedo possível e fazer o teste de Aids.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp