05/01/2014 às 14h27min - Atualizada em 05/01/2014 às 14h27min

Governo do Estado inaugura Distrito Industrial de Grajaú

Grajaú é reconhecida por possuir o 2° maior Polo Gesseiro do Brasil, atrás apenas do polo gesseiro da Região do Araripe, no Oeste Pernambucano. A cidade de Grajaú possui uma reserva estimada de 15.315 milhões toneladas de gipsita, segundo dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM),

Texto: Franci Monteles
Sedinc

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc), inaugura, na sexta-feira (10), às 16h, o Distrito Industrial de Grajaú. A Sedinc investiu R$ 3,9 milhões na implantação do distrito.

A solenidade contará com presença dos secretários de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Mauricio Macedo, e de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, que representará a governadora Roseana Sarney; do prefeito de Grajaú, Júnior de Sousa Otsuka; dos presidentes da Associação Comercial de Grajaú, Egon Bernardo Schreiner e do Sindicato de Extração e Beneficiamento de Calcário e Gipsita no Estado do Maranhão (Sindusgesso), Marinaldo Alexandre da Silva, além de outras autoridades e empresários da região.

Para o secretário Mauricio Macedo, o Distrito de Grajaú vai oferecer infraestrutura competitiva para que a cidade possa atrair mais empreendimentos que gerem desenvolvimento econômico, emprego e oportunidades para a população maranhense.  "Com a inauguração deste distrito, que está localizado no Polo Gesseiro de Grajaú, o Maranhão torna-se cada vez mais competitivo para implantação de novos empreendimentos ligados a cadeia produtiva do gesso", acrescentou o secretário.

Localizado às margens da BR-226 - Km 409, o Distrito Industrial de Grajaú possui uma área total de 68 hectares dividida em 92 lotes de 5.000 m² cada. Atualmente oito empresas já estão instaladas e mais seis novas empresas deram entrada ao processo de aquisição de lote industrial no distrito. O distrito vai atender, principalmente, à demanda de empresas do setor gesseiro.

A inauguração do Distrito Industrial de Grajaú faz parte do planejamento do Governo do Estado para investir fortemente na implantação de novos distritos e revitalização dos existentes, com o objetivo de promover o desenvolvimento de forma descentralizada garantindo infraestrutura básica para os investidores em diversas cidades do Maranhão.

O Distrito é dotado de infraestrutura básica com abastecimento de água (poço artesiano, rede de distribuição e reservatório de 100m³), energia elétrica (incluindo iluminação pública e rede de força de 34,5kv) e pavimentação asfáltica.

Atualmente, estão em operação os distritos das cidades de São Luís, Imperatriz, Porto Franco, Aldeias Altas, Balsas e Grajaú. Novos Parques Empresariais estão em estudo para serem implantados em cidades como Timon, Caxias, Pinheiro, Rosário, São José de Ribamar e Imperatriz (2° etapa). A implantação dos parques de Codó, Chapadinha, Capinzal do Norte, Presidente Dutra, Santa Inês, Coroatá e Alcântara estão em fase de estudo.

Grajaú é reconhecida por possuir o 2° maior Polo Gesseiro do Brasil, atrás apenas do polo gesseiro da Região do Araripe, no Oeste Pernambucano. A cidade de Grajaú possui uma reserva estimada de 15.315 milhões toneladas de gipsita, segundo dados do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), produzindo aproximadamente 107 mil toneladas de gesso por ano.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp