05/01/2014 às 14h10min - Atualizada em 05/01/2014 às 14h10min

Suspeitos de participar de ataques em São Luís são apresentados

entre elas dois menores – foram apresentadas na manhã deste domingo (5) pela cúpula da SSP-MA.

SSP-MA.

SÃO LUÍS - Dez pessoas – entre elas dois menores – foram apresentadas na manhã deste domingo (5) pela cúpula da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), durante coletiva realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado, suspeitos de terem participado dos ataques aos coletivos na última sexta-feira (3), em São Luís . Entre os presos que foram apresentados, está o que comandou as ações, Hilton John Alves Araújo, 27 anos (conhecido como “Praguinha”), condenado a 20 anos em regime fechado, por crime de homicídio. Segundo a SSP, "Praguinha” esteve foragido no ano de 2012, quando recebeu da Justiça o benefício de indulto de Natal e não retornou à Penitenciária de Pedrinhas.

A polícia conseguiu prender Hilton Araújo novamente em janeiro de 2013, mas em outubro passado a Justiça concedeu a ele, mais uma vez, a liberdade - deu ordem de soltura por considerar que havia decurso de prazo (morosidade) no recurso interposto contra sua condenação.

Os outros presos foram identificados como: Jorge Henrique Amorim Martins, conhecido como “Dragão”. De acordo com a polícia, foi quem deu às ordens de dentro do presídio para os ataques. Hilber Ney Morais, conhecido como “Paiacam” um dos líderes de uma facção criminosa que age na capital. Diego da Silva do Carmo, Francisco Antônio Lobato Júnior, Rogenilson Boa Ventura Brito, Luís Gustavo do Nascimento, Ismael Calda de Sousa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp