08/04/2013 às 18h22min - Atualizada em 08/04/2013 às 18h22min

VITIMA DE ASSALTO REAGE E MATA CRIMINOSO

Thiago Carvalho de 22, já teria passagem pela policia,o criminoso tentou assaltar um cliente do Banco do Brasil no bairro o Turu,a vitima reagiu e fez um disparo certeiro contra o assaltante que morreu na hora.

TV Maranhense

 

 

VITIMA  DE ASSALTO REAGE E MATA CRIMINOSO

Thiago Carvalho de 22, já teria passagem pela policia,o criminoso tentou assaltar um cliente do Banco do Brasil no bairro o Turu,a vitima reagiu e fez um disparo certeiro contra o assaltante que morreu na hora.

O crime aconteceu no inicio da tarde de hoje,Thiago Carvalho entrou na  Agência bancária com um comparsa,após anunciarem o assalto um dos clientes do banco reagiu,na tentativa de fuga os  criminosos saíram correndo e abandonaram a moto no local do crime. Thiago foi baleado abaixo do braço e morreu na hora,o outro assaltante conseguiu fugir.

A  policia ainda não sabe exatamente o que aconteceu, mas tudo indica que a vitima conseguiu tirar a arma da mão do assaltante e usou em sua defesa

 

“  Nós não sabemos o que realmente aconteceu, só existe uma testemunha,que ainda vamos ouvir,não sabemos se a vitima do assalto se trata de um policial,vamos pedir as imagens das câmeras de vigilância da agência e daí desvendar essa história,   tudo indica que a arma do assassinato era do próprio criminoso,já que arma sumiu daqui” Disse o delegado Parson Coelho.           

Thiago  já tinha passagem pela policia,familiares do assaltante estiveram no local,o padrasto do jovem,identificado apenas como José,ainda em choque disse que não sabia do envolvimento do rapaz no mundo do crime. “ Eu nem sabia que ele roubava os outros,quando me ligaram mal acreditei,eu sou evangélico,a mãe dele também,ela esta acabada coitada”

A policia agora vai em busca do criminoso que conseguiu fugir e da misteriosa pessoa que tirou a vida de Thiago. “ Nós estamos em busca desse outro suspeito e esperamos que a pessoa que fez os disparos contra o Thiago se apresente na delegacia,se tratando de um policial,ele estava apenas cumprindo com seu dever,se tratando de uma pessoa comum,vamos ter que descobrir se ela tem porte legal de arma e agiu em legitima defesa” Completou o delegado Parson Coelho.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp