23/12/2013 às 12h43min - Atualizada em 23/12/2013 às 12h43min

Vereador Beto Castro consegue continuar no cargo até o julgamento do TSE

Juíza da comarca de Santa Inês decretou a prisão do prefeito Ribamar Alves por assédio sexual

TV Maranhense
O vereador Beto Castro que teve o mandato caçado na última terça-feira (17), conseguiu uma medida cautelar que vai lhe permitir recorrer da decisão até que os recursos sejam julgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
 
A decisão do pleno da corte eleitoral do estado determinava posse imediata do primeiro suplente Paulo Roberto Pinto Carioca, mas esta medida só poderia ocorrer após o julgamento de embargo.
 
Ao julgar a cautelar, o juiz eleitoral Sérgio Muniz, manteve o mandato do parlamentar Beto Castro, que agora segue pendurado no cargo até o julgamento do TSE.
 
Confira a ronda completa:
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp