03/12/2013 às 10h49min - Atualizada em 03/12/2013 às 10h49min

Prostituição de luxo

O grupo vai continuar preso durante cinco dias, até a polícia completar o inquérito.

noticias@band.com.br
Band

Prostituição de luxo: suspeitos são presos no DF

Jeany Mary Corner, que teve o nome citado na CPI dos Correios, seria a chefe do esquema


A polícia prendeu nesta segunda-feira (2) nove pessoas suspeitas de comandar uma rede de prostituição em Brasília, entre elas uma cafetina acusada de promover encontros de garotas de programa com políticos.

As investigações começaram durante a Copa das Confederações, em junho. Garotas de programa conhecidas na Esplanada dos Ministérios, que anunciavam os serviços na internet e cobravam até R$ 10 mil reais por noite, estariam sendo ameaçadas pela quadrilha que agenciava a prostituição.

O nome da suspeita de comandar a operação é Jeany Mary Corner, que ficou conhecida nacionalmente depois que teve o nome citado na CPI dos Correios, em 2005. Ela teria agenciado garotas para políticos do alto escalão e empresários da capital. Na época, o escândalo ajudou a derrubar o ex-ministro do governo Lula, Antoni Palocci.

Na operação de hoje, a polícia também apreendeu vários carros de luxo, joias, computadores e telefones celulares, três deles de Jeany Mary Corner, com as agendas cheias de contatos.

O grupo vai continuar preso durante cinco dias, até a polícia completar o inquérito.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp