06/04/2013 às 00h03min - Atualizada em 06/04/2013 às 00h03min

Rio proíbe película escura em vans

Mudança ocorre após o estupro de uma turista americana; para polícia, medida ajuda na segurança da população na capital fluminense

band.com.br

A prefeitura do Rio decretou nesta sexta-feira a proibição do uso de película de escurecimento nos vidros de veículos de transporte complementar. A medida foi tomada depois que uma americana foi estuprada e o namorado espancado dentro de uma van. A partir da próxima segunda-feira, os coletivos flagrados desrespeitando a nova norma serão lacrados e multados em R$ 1.251. Segundo o chefe da Coordenadoria Especial de Transporte Complementar, delegado Cláudio Ferraz, a proibição vai facilitar a fiscalização de ações ilegais, como o transporte de passageiros em pé, por exemplo. O decreto afirma que "a falta de visibilidade prejudica a compreensão por parte dos passageiros quanto à ocupação dos veículos, comprometendo a segurança" deles. Estupro No último sábado, uma van trafegou por três municípios com dois turistas sendo torturados dentro do veículo. Ninguém desconfiou da ação dos bandidos. O grupo já havia feito outras vítimas. Em menos de uma semana, foram dois crimes contra turistas em coletivos. Um grupo de nove alemãs foi assaltado na Estrada das Paineiras, área nobre da zona sul do Rio, nesta quinta-feira.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp