Portal Emaranhense Publicidade 728x90
29/02/2024 às 11h20min - Atualizada em 29/02/2024 às 11h20min

Maranhão registra terceira maior redução de feminicídio no país em 2023

O resultado destaca o Maranhão como uma exceção positiva entre 14 estados brasileiros que não conseguiram reduzir significativamente os casos de feminicídio.

Da Redação
SSP
Governador Carlos Brandão ressaltou nas redes sociais os bons resultados da área de segurança (Foto: Divulgação/Arquivo)
O Maranhão conquistou um feito significativo ao registrar a terceira maior queda no índice de feminicídio em 2023, revela o Ministério da Justiça. Com uma redução de aproximadamente 32%, o estado se destaca entre os demais, refletindo a efetividade das ações implementadas pelo Sistema de Segurança Pública.

Governador celebra resultado e destaca protagonismo nordestino

Nas redes sociais, o governador Carlos Brandão comemorou o resultado, salientando o protagonismo do Maranhão entre os estados nordestinos. Ele afirmou: "O Maranhão conquistou o terceiro lugar no país e o segundo no Nordeste em redução de feminicídio. Um feito que reflete o trabalho árduo do nosso sistema de segurança e a conscientização da sociedade sobre o combate à violência contra as mulheres."

Maranhão na contramão de 14 estados brasileiros

O resultado destaca o Maranhão como uma exceção positiva entre 14 estados brasileiros que não conseguiram reduzir significativamente os casos de feminicídio. Além disso, a queda observada em 2023 aponta para dois aspectos marcantes: o estado teve a maior redução em cinco anos e está muito à frente do índice nacional, que foi de apenas 0,55%.

Secretário da Segurança destaca esforço integrado

O secretário da Segurança Pública, Maurício Martins, atribui a redução ao esforço integrado das polícias do estado, afirmando: "Nossos policiais têm trabalhado de forma intensificada, atuando de maneira preventiva e repressiva no combate à violência contra a mulher. Vamos continuar empenhando esforços para garantir um estado cada vez mais seguro para as mulheres, conforme determinação do governador Carlos Brandão."

Redução expressiva na Grande Ilha

Na região da Grande Ilha, a mais populosa do estado, com cerca de 1,5 milhão de habitantes, a redução de feminicídios também foi expressiva. Entre os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, houve registros do crime apenas em São Luís e Paço do Lumiar, resultando em uma diminuição de cerca de 16% nos casos.

Investimentos e ações para combater a violência contra a mulher

O Maranhão destaca-se por seus investimentos no combate à violência contra a mulher, contando atualmente com 23 Delegacias Especializadas da Mulher. Recentemente, a Delegacia Especial de Timon foi entregue com instalações renovadas.

Outra iniciativa é a Patrulha Maria da Penha, grupo da Polícia Militar que atua no atendimento e acompanhamento de mulheres em situação de vulnerabilidade. Com 66.389 mulheres atendidas, o programa realizou 150.174 ações de visitas, rondas e ligações, cadastrando 34.207 medidas protetivas e efetuando 987 prisões. Presente em 70 municípios, a Patrulha Maria da Penha reforça o compromisso do Maranhão em criar um ambiente mais seguro para as mulheres.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp