Portal Emaranhense Publicidade 728x90
18/01/2024 às 10h00min - Atualizada em 18/01/2024 às 10h00min

Uema faz história ao sediar o primeiro Ponto de Inclusão Digital da Justiça Federal

Iniciativa promove acesso à Justiça em regiões sem estrutura forense

Da Redação
Uema
Esse serviço de apoio, que já está disponível, facilita o acompanhamento de atos judiciais, perícias, além de possibilitar o acesso da população a outros tribunais e demais órgãos que atuam em processos judiciais (Foto: Luis Paulo Sousa).
A Universidade Estadual do Maranhão (Uema) conquistou um marco ao se tornar a primeira instituição de ensino superior do Brasil a abrigar um Ponto de Inclusão Digital (PID) do Poder Judiciário, no seu campus em Grajaú. Essa iniciativa inovadora visa assegurar o acesso à Justiça para residentes em cidades e povoados desprovidos de estrutura física forense.

O PID, já em pleno funcionamento, facilita o acompanhamento de atos judiciais, perícias e possibilita o acesso da população a outros tribunais e órgãos relacionados a processos judiciais. A parceria entre a Uema, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), a Justiça Federal e a Prefeitura Municipal de Grajaú foi essencial para a instalação desse importante serviço de apoio.

Walter Canales, reitor da Uema, celebrou a conquista, destacando que os beneficiados não se limitam à comunidade local, alcançando também alunos e professores do curso de Direito da Uema - Campus Grajaú. "É motivo de grande satisfação ver a Uema na vanguarda desse progresso, sendo um agente decisivo no acesso à Justiça para quem mais necessita", afirmou.

Adolfo Testi, procurador da Uema, ressaltou que a instalação do PID na Uema Grajaú elimina a necessidade de deslocamento da população para outras cidades em busca de atendimento. "A Uema entende que sua função vai além dos muros da instituição", explicou.

Além de agilizar processos judiciais e proporcionar acesso facilitado à Justiça, o PID também representa uma oportunidade valiosa para o aprendizado prático dos estudantes de Direito. "Essa experiência exclusiva certamente fortalecerá o aprendizado e o diferencial dos nossos alunos no mercado de trabalho", enfatizou Ana Rita Bezerra, diretora do Campus Grajaú. A iniciativa reforça o compromisso da Uema com a comunidade e a inovação no campo jurídico.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal Emaranhense Publicidade 1200x90
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp