29/04/2021 às 11h37min - Atualizada em 29/04/2021 às 11h37min

Parceria entre a FAB e empresas privadas buscam explorar a base de Alcântara

Os primeiros lançamentos orbitais estão previstos para 2022.

Edição: Camila Oliveira
Agência Brasil
Foto: Força Aérea Brasileira

Na última quarta-feira (28), a Força Aérea Brasileira (FAB) e a Agência Espacial Brasileira (AEB) divulgaram uma parceria que visa explorar a base de lançamento do Centro Espacial de Alcântara, com as empresas norte-americanas Hyperion, Orion Ast e Virgin Orbit, e a canadense C6 Launch.

 

Às quatro empresas irão operar em unidades diferentes: a Hyperon, irá operar o sistema de plataforma VLS; a Orion Ast, será responsável pelo lançador suborbital; a Virgin Orbit, atuará no aeroporto de Alcântara; e a C6, Launch será responsável pela Área do Perfilador.

 

A parceria público-privada seleciona empresas que desejam lançar veículos espaciais não militares, e as primeiras operações estão previstas para 2022. No último dia 16 de abril, foi lançado um novo edital para seleção de mais empresas  que desejam atuar na Área 4 do Centro Espacial.
 

Uma das prioridades do acordo é o lançamento de nanossatélites, equipamentos de pequeno porte com alta tecnologia embarcada e equipamentos de monitoramento. O projeto irá auxiliar em pesquisas, assim como, atrair a exploração comercial da atividade espacial no país.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp