09/12/2020 às 12h21min - Atualizada em 09/12/2020 às 12h21min

PF investiga desvio de recurso da saúde e faz busca e apreensão em escritório de deputado federal no MA

Edição: Lucas Melo
Polícia Federal
Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (09), a Polícia Federal encontrou uma grande quantidade de dinheiro no escritório do deputado federal Josimar de Maranhãozinho. A ação faz parte da Operação Descalabro, que apura suposto esquema de desvio de recursos públicos destinados para a área da saúde, por meio do direcionamento de licitações, no Maranhão.

 

Segundo informações da PF, o deputado teria desviado dinheiro de suas emendas parlamentares à área da saúde, de abril a dezembro de 2020. O montante de R$ 15 milhões teria sido destinado aos municípios do interior do Estado do Maranhão, seu reduto eleitoral. Os Fundos Municipais de Saúde, ao receberem os recursos, firmaram contratos fictícios com empresas “de fachada”, pertencentes ao deputado, que estão em nome de interpostas pessoas, desviando, assim, o dinheiro público. Posteriormente essas empresas efetuaram saques em espécie e o dinheiro era entregue ao deputado, no seu escritório regional parlamentar em São Luís.
 

Candidatos do Partido Liberal (PL), no qual Josimar de Maranhãozinho é presidente estadual, receberam fundos da emenda partidária nas Eleições de 2020. Segundo informações disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Duarte Jr., candidato à Prefeitura de São Luís, recebeu R$2.202.000,00. Já Josinha Cunha, prefeita eleita de Zé Doca e irmã de Josimar, recebeu R$405.000,00.

 

Eudes Barros, prefeito eleito de Raposa, recebeu R$100.000,00. Já Julinho, eleito em São José de Ribamar, recebeu R$160.000,00 e Fred Campos, candidato à Prefeitura de Paço de Lumiar, R$150.000,00.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp