05/02/2020 às 10h27min - Atualizada em 05/02/2020 às 10h27min

Vigilante é suspeito de forjar que namorada morta sofreu ataque epilético

Foto: Roberta Aline

Um vigilante - que não teve o nome revelado - é investigado por feminicídio em Teresina. Ele é suspeito de espancar a própria namorada que morreu cerca de dez dias após dar entrada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O Cidadeverde.com apurou que a mulher teria sido socorrida pelo próprio suspeito que alegou que a companheira teria sofrido um ataque epilético. 

A vítima, que é cozinheira, deu entrada no HUT no dia 13 de janeiro e veio a óbito no dia 22. Após a suspeita de agressão física, familiares denunciaram o caso na delegacia. 

Cidadeverde.com apurou que suspeito seria agressivo e que a vítima, inclusive, já havia registrado boletim de ocorrência por violência doméstica em um distrito policial na capital.

O caso é investigado pelo Núcleo Policial de Investigação de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 Com informações da redação do cidadeverde.com.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual melhor candidato?

54.7%
29.1%
16.2%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp