06/01/2020 às 10h54min - Atualizada em 06/01/2020 às 10h54min

Esposa do Dr. Ruy Palhano morreu após sofrer infarto

Reprodução

Morreu na manhã do sábado passado (04), Rita Maria do Amparo Bacelar Palhano, esposa do neuropsiquiatra Ruy Palhano.

Rita Palhano estava deitada em uma rede em sua casa, na Capital, quando sofreu um infarto, depois caiu e acabou indo a óbito.

Informações repassadas por familiares dão conta que ela foi vítima de um infarto agudo miocárdio.

Ela foi presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF-MA), era membra da Academia Nacional de Farmácia, detentora da Cadeira de nº 78, Seção Farmacologia e Higiene da ACFB-ANF, e uma das diretoras do Instituto Ruy Palhano, criado por seu marido, o psiquiatra Ruy Palhano, que também é professor da UFMA. Era salmista, ministra da eucaristia, integrante de várias pastorais e grupos da Paróquia São Paulo Apóstolo. Atualmente, era coordenadora do Curso de pós-graduação da Especialização em Citologia Clínica da Sociedade Brasileira de Citologia Clínica.

A professora Rita, como era conhecida, sempre se dedicou à profissão de farmacêutica, colocando-se à disposição da classe como presidente do CRF-MA, além de docente da área de Citologia Clínica. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Citologia Clínica e da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, sempre defendendo e lutando pelos analistas clínicos. Rita Palhano, 69 anos, deixa o marido, o Dr. Ruy Palhano, três filhos e netos.

Dr. Ruy Palhano é criador do instituto que leva seu nome, o mais conceituado no Maranhão na área da saúde mental e psiquiatria.

Com informações da Ascom da Universidade Federal do Maranhão- UFMA

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp