22/03/2019 às 09h49min - Atualizada em 22/03/2019 às 09h49min

Lei altera regras para viagens e menores de idade só podem viajar sozinhos a partir dos 16 anos, dentro do Brasil.

A Lei de nº 13.812 de 16 de março de 2019, publicada no Diário Oficial da União em 18 de março, alterou para 16 anos a idade máxima de exigência de acompanhante ou autorização judicial para viagens de crianças e adolescentes dentro do Brasil. O dispositivo alterou a redação do Artigo 83 do Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/1990), que estabelece as regras de viagens.

Segundo a nova lei, o adolescente que tiver 16 anos completo já pode viajar desacompanhado e sem autorização judicial.

Até completar 16 anos, a criança ou adolescente somente pode viajar:
- Sem autorização e desacompanhados se na mesma unidade da federação, região metropolitana ou comarca contígua; - Com autorização judicial para qualquer outra unidade da federação; - Acompanhados, de ao menos um dos pais ou responsável, ou de ascendente ou colateral maior até terceiro grau (com documentação comprovando vínculo – tios, avós ou bisavós) ou de adulto expressamente autorizado pelos pais.

Crianças e adolescentes não podem se hospedar ou pernoitar em hotel, motel, pensão ou estabelecimento similar, salvo se autorizado ou acompanhado pelos pais ou responsável.

Em relação às viagens internacionais, continuam as mesmas regras, com necessidade de autorização dos pais, com firma reconhecida em cartório. A autorização é exigida sempre que crianças e adolescentes brasileiros precisarem viajar para outros países desacompanhados, na companhia de apenas um dos pais ou acompanhados de terceiros. Os formulários padrão podem ser pegos na internet, no site do Tribunal de Justiça do Maranhão ou do Conselho Nacional de Justiça.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp