22/03/2019 às 08h30min - Atualizada em 22/03/2019 às 08h30min

Criança torturada pela mãe em Apicum-Açu, não terá sequelas físicas.

A criança de 4 anos, torturada pela mãe Tainá Setúbal, foi atendida pelos médicos e não vai ficar com sequelas físicas. Os médicos informaram ainda que, na segunda etapa do tratamento, a criança vai receber acompanhamento psicológico.

O caso aconteceu na cidade de Apicum-Açu, a cerca de 138 km de São Luís. De acordo com a polícia, Tainá confessou ter queimado as mãos do filho após um ataque de raiva. A criança teria roubado uma quantia em dinheiro dela e, por isso, ela esquentou uma frigideira e queimou as mãos dele como castigo.

A mãe da criança informou à polícia que foi deixada pelo marido há pouco tempo e fez tudo em um momento de loucura. Ela possui outros dois filhos e todos foram deixados aos cuidados da avó materna. Após o crime, Tainá foi presa e está na Unidade Prisional de Ressocialização de Cururupu.

O Conselho Tutelar só foi avisado da tortura uma semana após as agressões, embora o garoto tenha sido atendido no hospital do município.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp