15/03/2019 às 10h13min - Atualizada em 15/03/2019 às 10h13min

Após conclusão de inquérito, policial e vigilante são presos por homicídio, no bairro Coquilho, em São Luís.

O soldado da Polícia Militar Hamilton Caires e o vigilante Evilásio Júnior, foram indiciados por triplo homicídio qualificado, após conclusão de inquérito do assassinato de três adolescentes, no dia três de janeiro no bairro Coquilho, em São Luís.

O assassinato aconteceu em um canteiro de obras do programa Minha Casa, Minha Vida. Os jovens, identificados como Gustavo Feitosa Monroe, de 18 anos; Joanderson da Silva Diniz, de 17; e Gildean Castro Silva, de 14, foram atingidos com tiros na nuca.

A polícia concluiu que os disparos foram efetivados pelo soldado Hamilton com a ajuda de Evilásio Júnior.

Evilásio e Hamilton negam o crime, no entanto, a polícia afirma que os dois entraram em contradição várias vezes. O policial afirmou que perdeu a arma, mas nunca comunicou a perda e o vigilante havia dito que não tinha entrado na mata, mas seus óculos foram encontrados e Evilásio mudou a versão.  

Foram ouvidas mais de 20 testemunhas, entre policiais e outros vigilantes, que também faziam a segurança das obras no bairro. Provas periciais também confirmam a autoria do crime.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp