26/02/2019 às 11h33min - Atualizada em 26/02/2019 às 11h33min

Dnit recebe prazo de 60 para entregar novo projeto de duplicação da BR-135

Nesta segunda-feira (25), o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) recebeu o prazo de 60 dias para apresentar um novo projeto de duplicação do trecho da BR-135, entre os municípios de Bacabeira e Miranda do Norte. O Tribunal Regional de Contas da União (TCU) suspendeu o projeto anterior por estar desatualizado.

 

 A decisão foi tomada após uma reunião realizada com representantes da Defensoria Pública da União (DPE), do Dnit, da bancada de deputados federais e do governo do Maranhão, que discutiram sobre possíveis medidas a serem tomadas para a finalização da obra.

 

O projeto está atualmente com duas etapas paralisadas, em razão de problemas encontrados pelo TCU, após uma inspeção que constatou também a falta de um estudo a respeito das consequências que a execução da obra trariam para as comunidades quilombolas que vivem nas proximidades da BR-135.

 

Segundo o coordenador interino da Bancada Federal, Hildo Rocha, outra preocupação é a possível perda dos recursos disponibilizados para a execução do projeto devido à sua paralisação. Ao todo, foram destinados R$ 300 milhões para a realização da primeira e segunda etapa da obra de duplicação da rodovia.

O defensor público federal, Yuri Costa, afirmou que o dever da Defensoria Pública é ouvir as comunidades, e que os impactos causados à comunidade quilombola podem ser amenizados com o estudo de métodos menos agressivos para a execução do projeto, que deve ser retomado em maio.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp