27/09/2013 às 12h28min - Atualizada em 27/09/2013 às 12h28min

Rock in Rio divulga balanço final da edição 2013

Com mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais e 9,2 milhões de visualizações de páginas na internet, números do Rock in Rio impressionam

APPROACH Comunicação Integrada - assessoria de imprensa Rock in Rio

Rio de Janeiro, 27 de setembro de 2013 - Mais de 90 horas de música ao longo de sete dias e um público de 595 mil pessoas presentes na Cidade do Rock para acompanhar de perto mais de 160 atrações. Assim foi o Rock in Rio 2013, que aconteceu nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro. 

O balanço econômico do festival demonstra os "inúmeros benefícios" que o evento trouxe não apenas para as empresas parceiras como também para a cidade do Rio de Janeiro.

E a notícia mais esperada pelo público está confirmada. O Rock in Rio estará de volta em setembro de 2015, no mesmo local: o Parque Olímpico Cidade do Rock.


Segundo estimativas da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro (Riotur), o Rock in Rio gerou um impacto na economia do Rio de Janeiro de mais de R$ 1 bilhão, atingindo uma média de 90% de ocupação dos quartos da rede hoteleira carioca. 

Quem não vivenciou pessoalmente o festival, acompanhou pela televisão e pela internet. Na web, o Rock in Rio alcançou a marca de mais de 10,256 milhões de seguidores nas redes sociais — um crescimento de 704 mil fãs só durante o festival —, se tornando o festival com melhores índices nesse quesito, superando outros grandes festivais do mundo.

O site oficial do festival obteve cerca de 4,5 milhões de visitas e cerca de 9,2 milhões de visualizações de páginas. Os principais países que acessaram o site, além do Brasil, foram Estados Unidos, Portugal, México e Chile, nesta ordem. 

Mas não foram somente as apresentações dos palcos Mundo, Sunset, Rock Street Street Dance e Eletrônica com suas atrações diárias divulgadas previamente, que movimentaram os visitantes.

A Cidade do Rock disponibilizou diversas ações para a diversão, e um total de 95.741 pessoas passaram pela roda gigante, tirolesa, turbo drop, montanha russa e parede de escalada.

Dentro da Cidade do Rock, as empresas parceiras do festival também alcançaram índices que superaram as expectativas iniciais. No ramo alimentício, foram consumidos 530 mil litros de cerveja, 420 mil garrafas de água, 210 mil copos de refrigerante, 9,7 toneladas de batata, 130 mil pães de queijo, 48 mil pizzas, 29 mil cachorros quentes e 280 mil hambúrgueres.

Outro grande termômetro é a quantidade de Rock in Rio Club vendidos: mais de 10 mil pessoas adquiriram o cartão para o evento que acontecerá apenas em 2015 e ainda não tem nenhuma banda anunciada.

Com taxa de adesão de R$ 95, o Rock in Rio Club dá benefícios como 20% de desconto na compra de produtos na loja oficial do Rock in Rio; pré-venda garantida para o festival de 2015. A partir de agora a venda acontece apenas no site oficial (www.rockinrio.com.br).

A gestão dos resíduos gerados durante o evento foi feita pela pelo Instituto Doe Seu Lixo. Ao longo dos sete dias de Rock in Rio foram geradas 183 toneladas de resíduos. Desse total, 35,7 toneladas são resíduos recicláveis (latas, papelão e vidro) que já saíram da Cidade do Rock separados e cuja venda beneficiará 29 cooperativas registradas na Comlurb.

Além disso, 71 toneladas de lixo orgânico foram levadas para a Usina do Caju para compostagem e será transformada em adubo orgânico para projetos de reflorestamento.

Já cerca de 77 toneladas de material potencialmente reciclável foram para a Estação de Transferência de Jacarepaguá e serão divididas e doadas para 10 cooperativas com capacidade de triagem. 

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss