18/01/2017 às 10h02min - Atualizada em 18/01/2017 às 10h02min

Discriminação racial é crime, desabafa Ludmilla.

Cantora se manifestou na web depois de ser atacada por apresentador.

Por entretenimento@band.com.br
- Redação | Judson Carvalho

Fãs mandaram mensagens de apoio à cantora / Divulgação/Facebook.

Ludmilla decidiu se pronunciar após ter sido chamada de 'macaca' ao vivo pelo apresentador Marcão do Povo, que comanda o programa Balanço Geral em Brasília (DF). 

Na ocasião, ao saber que a cantora supostamente inventava que estava resfriada sempre que era abordada por fãs em um restaurante na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, o apresentador soltou o verbo: "É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca! Pobre, mas pobre mesmo!", disparou. 

Ao se dar conta do que tinha falado, ele tentou voltar atrás. "Eu sempre falo para os meus amigos: 'Eu era pobre e macaco também. Hoje eu sou rico de saúde".

Mais de uma semana após o ocorrido, a funkeira desabafou em suas redes sociais. "Infelizmente ainda existem pessoas que não compreendem que a discriminação racial é crime e alguns ainda usam o espaço na mídia para noticiar mentiras, ofender, menosprezar e propagar todo o seu ódio. Não deixaremos impune tais atos", avisou.

"Trata-se de um desrespeito absurdo, vergonhoso. Fica evidente que esse cidadão, Marcão, não possui nenhum pudor ou constrangimento em ofender alguém em rede nacional. Como já foi dito por Paulo Autran, 'todo preconceito é feito da ignorância', visto que os racistas não possuem um conhecimento de moralidade, tratando sua própria cor de pele como superior e única. Isso tem que ser combatido e farei a minha parte, quantas vezes for necessário", disse.

Na web, os fãs encorajam a artista a processar o apresentador e a emissora onde ele trabalha. A hashtag #ProcessaLudmilla já está nos trending topics [assuntos mais comentados] do Twitter.

O outro lado da história

O perfil oficial do programa no Twitter comentou o episódio. "Referente ao caso que está sendo divulgado nas redes sociais e em alguns veículos, a RecordTV Brasília e o Balanço Geral informam que não apoiam quaisquer tipo de preconceito, independente de qual seja. Temos a plena certeza de que o apresentador Marcão apenas utilizou uma expressão regional para se manifestar, sem o intuito de ofender a cantora Ludmilla ou qualquer outra pessoa. Houve apenas uma troca do adjetivo que acompanha a palavra. A expressão em si [no caso 'macaco velho'] é amplamente utilizada em estados do Centro-Oeste".

Veja a declaração polêmica do apresentador:

Emaranhense.com.br,com informações | entretenimento@band.com.br

Saiba mais desta e de outras notícias em emaranhense.com.br ou acesse nosso facebookVocê pode enviar a sua denúncia para nosso e-mail jornalismo@emaranhense.com.br e também para nosso whatsapp -(98)98739-7762 .  

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss