26/12/2016 às 10h23min - Atualizada em 26/12/2016 às 10h23min

Operação Pirâmide prendeu cinco pessoas em Paço do Lumiar.

Todos são acusados envolvidos em ações criminosas na região de Paço do Lumiar.

Emaranhense.com,com informações da SSP-MA

A Polícia Civil do Maranhão apresentou, na última sexta-feira (23), na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), por volta das 10h, cinco homens presos pelo cumprimento de dez mandados de prisões e de buscas e apreensões. A Operação Pirâmide, como foi denominada, culminou na prisão de cinco dos acusados envolvidos em ações criminosas na região de Paço do Lumiar.

Esse grupo é acusado de praticar assaltos a residências e envolvimento com o crime de entorpecentes. Para cumprimento dos mandados de prisão, a Operação Pirâmide foi iniciada às 6h, no bairro que dá nome à operação, no município de Paço do Lumiar, envolvendo cerca de 40 policiais civis de várias unidades e com apoio de um cão farejador.

Com a ação policial foi preso Lucas Silva Marques, conhecido como Luquinha, que tem dois mandados de prisão expedidos; Jean Carlos de Castro Soares, conhecido como Diabo Louro; Talison Junior Brandão, conhecido como Chumbinho; Ailton Silva dos Santos, o Bebezão; e Salum Barros da Silva, autuado em flagrante por tráfico de drogas. Na residência de Salum foi apreendido R$ 976 em dinheiro e alguns pés de maconha que estavam plantados no local.

Foto:SSP-MA

“A operação seria em 10 alvos, onde foram prontamente cumpridos, sendo que resultaram na prisão de cinco pessoas. Entre os que não foram presos, está relacionado ainda o Roberto Miller Macieira Gau, durante a ação policial, ele se embrenhou pelo matagal e conseguiu fugir. Ele foi identificado como sendo o filho de um policial aposentado. Na sua residência encontramos um revólver com numeração suprimida e quatro placas balísticas. As investigações irão continuar no sentido de capturar o restante do grupo”, explicou o superintendente de Polícia Civil da Capital, delegado Armando Pachêco.

Operação integrada entre as policias

O delegado da seccional Leste, José Henrique Mesquita, que estava também na operação destacou a integração das forças policiais. “A operação foi articulada pelas quatro Seccionais da Capital, e ainda, com a participação da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC) e Centro Tático Aéreo (CTA)”.

Saiba mais  desta e de  outras notícias em nosso facebook.Você pode enviar a sua denúncia para nosso whatsapp-(98)98739-7762.

 

 

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss