16/12/2016 às 10h33min - Atualizada em 16/12/2016 às 10h33min

Palestra sobre a Carta de Brasília é apresentada na PGJ

A programação faz parte das comemorações alusivas ao Dia Nacional do Ministério Público, 14 de dezembro.

Emaranhense.com,com informações da MP-MA

A promotora de justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) Lenna Nunes Daher e a procuradora do Trabalho Ludmila Brito Lopes (Procuradoria Regional do Trabalho da 10ª Região) , integrantes da Corregedoria Nacional do Ministério Público, apresentaram, na manhã desta quinta-feira, 15, palestra sobre a Carta de Brasília a membros e servidores do Ministério Público do Maranhão (MPMA).

A programação faz parte das comemorações alusivas ao Dia Nacional do Ministério Público, 14 de dezembro. A abertura foi feita pelo procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho que destacou a importância do tema do encontro: “Precisamos estar cada vez mais conscientes sobre a nossa missão institucional, investir em um modelo de gestão eficiente e trabalhar cada vez mais para dar as respostas que a sociedade espera.”

Conteúdo da Carta de Brasília foi apresentado a membros e servidores

                                       Conteúdo da Carta de Brasília foi apresentado a membros e servidores

A Carta de Brasília enumera premissas para concretizar o compromisso institucional de gestão e trabalho voltados para a transformação social. O documento também prevê diretrizes estruturantes do MP para atuação funcional de membros e relativas à avaliação, orientação e fiscalização realizadas pelas corregedorias.

Lenna Daher afirmou que a carta é um acordo de resultados, definindo diretrizes para a avaliação e a valorização da postura resolutiva.

Em sua apresentação, Ludmila Lopes enfatizou que o Ministério Público precisa rever as suas práticas e se reavaliar sempre. “Hoje, a Corregedoria Nacional realiza inspeções e correições com esse novo olhar focado na atuação resolutiva e efetiva”.

No mesmo sentido, o corregedor-geral do MPMA, Suvamy Vivekananda Meireles, afirmou que o órgão está atento para orientar os promotores de justiça com o objetivo de garantir o melhor resultado para a sociedade na missão de promover a justiça. “Esse debate é estratégico para nossa instituição”.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

O promotor de justiça e assessor de Planejamento da PGJ, Raimundo Nonato Leite, apresentou o resultado a Gestão Estratégica do Ministério Público do Maranhão para o período de 2016 a 2021, que corresponde ao planejamento estratégico da instituição.

Ele apresentou as etapas de elaboração e metodologia adotada: início, avaliação diagnóstica, análise prospectiva, planejamento estratégico, desdobramento e alinhamento, plano de comunicação da estratégia, plano de tecnologia da informação, monitoramento e avaliação.

"O planejamento é um instrumento de gestão de todos os setores do Ministério Público e deve guiar a atuação de membros e servidores", afirmou Leite.

Saiba mais  desta e de  outras notícias em nosso facebook.Você pode enviar a sua denúncia para nosso whatsapp-(98)98739-7762.

Link
Notícias Relacionadas »
ss