19/03/2015 às 08h58min - Atualizada em 19/03/2015 às 08h58min

Após vaias, Muricy defende Ganso: "tem crédito"

Treinador ficou satisfeito com a atuação do São Paulo na vitória sobre o San Lorenzo pela Libertadores

esporte@band.com.br

São Paulo derrotou o San Lorenzo no Morumbi com um gol de Michel Bastos, que definiu o duelo aos 44 minutos do segundo tempo. O resultado fez o Tricolor abrir três pontos de vantagem em relação ao rival argentino. Apesar do triunfo no sufoco, o técnico Muricy Ramalho aprovou a atuação da equipe, embora enxergue potencial para uma evolução.

 

“saio satisfeito pelo que o time apresentou. Correu, lutou o tempo todo, buscou, se arriscou. Do jeito que todos se prepararam, dava para esperar algo bom. A gente tem consciência de que ainda não estamos bem, precisamos melhorar para voltar onde estávamos em relação ao ano passado", afirmou o treinador em entrevista coletiva.

 

Mas a torcida são-paulina não teve a mesma impressão do técnico e até vaiou o time em alguns momentos com o jogo empatado. Um deles aconteceu quando Ganso foi substituído por Boschilia. No entanto, Muricy defendeu o camisa 10. 

 

“Em relação ao Ganso, enquanto ele estiver correndo e se dedicando, para mim, está bom. Já encostei várias vezes nele para saber se tem algum problema, mas ele e reservado e preciso respeitar. Minha sala está aberta”, disse o técnico, que completou. “Ainda tem muito crédito. A gente não deve levar por esse lado. Ele correu, lutou. Hoje, não tem ninguém que não lutou".

 

O treinador também destacou que o grupo transformou um momento turbulento nos bastidores em união do elenco.

 

"Eu tenho experiência, consigo juntar muita coisa e fazer isso virar um fator positivo. Foi o que aconteceu. Tivemos uma ótima semana e isso se refletiu no desempenho da equipe em campo. A conversa entre nós deu resultado", revelou.

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss