18/03/2015 às 20h50min - Atualizada em 18/03/2015 às 20h50min

Com atuação de gala, Barça bate o City e avança

Time catalão dominou o rival do início ao fim, apesar da vitória magra por 1 a 0 na Liga dos Campeões

O Barcelona está nas quartas de final da Liga dos Campeões. Em jogo marcado por inúmeras chances criadas, um festival de canetas e até mesmosuspiros de Guardiola na arquibancada, a equipe catalã venceu o Manchester City por apenas 1 a 0, gol do croata Rakitic, que fez a alegria da torcida que lotou o Camp Nou. O resultado foi mais que suficiente para a classificação, já que o time de Neymar e companhia ganhou por 2 a 1 na Inglaterra.

 

O primeiro tempo foi um massacre blaugrana. Bem melhor em campo, com o domínio da passe de bola e trocas de passe envolventes, o Barça colocou o City na roda diante do seu torcedor e ter saído com vantagem de apenas um gol ficou de bom tamanho para os visitantes.

 

Logo aos seis minutos o Barcelona teve uma grande oportunidade. Daniel Alves roubou a bola de Kompany na área e passou para Neymar, que, na cara do gol, acertou a trave. Aos 10, Neymar passou para Messi, que tabelou com Iniesta e obrigou Joe Hart a fazer boa defesa.

 

Messi ainda assustou em duas cobranças de falta, aos 15 e aos 27, antes de dar a assistência para o gol que inaugurou o placar. Aos 30, Neymar puxou rápido contra-ataque da própria área, avançou até o meio e passou para o camisa 10. O craque argentino arrancou pela direita, atraiu a marcação do City, fez o breque e levantou a cabeça. Ao enxergar Rakitic invadindo a área pela esquerda, ele deu um grande passe para o croata, que matou no peito e encobriu Hart.

 

Bem em campo, Neymar teve suas oportunidades aos 38 e 39, mas não acabou travado na hora do último passe ou da finalização. Aos 43, o brasileiro conseguiu ser garçom e colocou Suárez na cara do gol. O uruguaio tentou deslocar Hart e acertou a trave.

 

Manuel Pellegrini tentou mudar o City no intervalo ao colocar Jesús Navas no lugar de Nasri – que deveria ter sido expulso por pontapé desleal em Neymar –, mas pouco mudou. Aos três, em lance parecido com o do gol, Messi inverteu a bola para Jordi Alba na esquerda, mas o lateral finalizou em cima de Hart. Na sequência, o argentino ainda obrigou o goleiro a fazer bola defesa.

 

Aos 17, o trio ofensivo do Barça mostrou que a cada jogo está mais entrosado. Neymar achou na entrada da área Messi, que logo passou para Suárez invadir a área e bater na rede pelo lado de fora.

 

O minuto seguinte reservou a jogada mais perigosa do City na partida, quando Navas tabelou com Yaya Touré, invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro, mas ninguém completou. Houve um bate-rebate perto do gol do Barça, que ainda assim ligou um contra-ataque fulminante: Suárez ajeitou, Neymar disparou em velocidade e abriu para Messi, que ganhou de Fernandinho, driblou Hart só que não conseguiu finalizar.

 

O Barça voltou a estufar a rede aos 25, mas o gol não valeu. Messi deu assistência perfeita para Neymar. O brasileiro bateu em cima de Hart e, no rebote, Alba colocou para dentro, só que o auxiliar marcou impedimento.

 

Neymar cansou de perder de chances e a mais clara delas aconteceu aos 30, quando recebeu passe na medida de Iniesta e voltou a parar na frente de Hart. 

 

Após o batalhão de oportunidades desperdiçadas, o triunfo do Barça ficou em risco aos 31. Agüero foi derrubado na área por Piqué na área e chamou a responsabilidade de bater o pênalti, mas o goleiro Ter Stegen defendeu a cobrança.

 

A reta final da partida ainda reservou novas oportunidades para Suárez e Neymar, só que Hart se consagrou mesmo aos 43, quando fez outro milagre, dessa vez em chute de Messi da linha da pequena área.

 

Os confrontos da próxima fase da Liga dos Campeões serão definidos em sorteio na sexta-feira.


Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss