12/02/2015 às 09h57min - Atualizada em 12/02/2015 às 09h57min

Marina se pintou.

A atriz de 19 anos vive um momento especial na carreira e, à vista de todos, na tevê, deixa a menina de lado para virar um mulherão

www.terra.com.br

À primeira vista, Marina engana. Por trás do rosto angelical e da voz doce, afinal ela tem só 19 anos, há uma mulher já com bons dez anos de experiência em novelas. Trabalhar desde criança fez com que Marina Ruy Barbosa transitasse facilmente entre o universo infantil e o adulto e se tornasse uma das belas da tevê mais cobiçadas do momento, com seu personagem Maria Ísis, na novela das 9 Império, da Rede Globo. “Foi natural essa passagem de menina para mulher. Eu, Marina, fui crescendo e os personagens também. Me sinto privilegiada em descobrir tão cedo o que amo fazer. Aliás, como não amar? Com 10 anos, eu almoçava com a Fernanda Montenegro, fazia um lanchinho com a Gloria Pires e jantava com o Toni Ramos, nos intervalos de Belíssima.”

Filha única, ela não se considera mimada. “Sou bem-cuidada, sempre tive a atenção dos meus pais e acho importante para uma boa criação.” Embora o trabalho esteja presente em sua vida desde a infância, Marina sempre frequentou as aulas regularmente no colégio católico Santo Agostinho, no Rio. “Nunca fui da turma do fundão, sempre fui quietinha e estudiosa.” Em 2013, passou em comunicação social para cursar cinema, mas desistiu por conta da novela Amor à Vida. E um dia também terminará a autoescola, para tirar a carteira de habilitação. “Ainda não posso dirigir. Aceito caronas!”

Do namorado, Caio Nabuco, ela não gosta de falar muito. “Estamos bem. O que me atrai nas pessoas é a sinceridade, bom humor, é bacana quando a pessoa tem outra profissão também porque existe uma troca diferente. O Caio trabalha com comércio exterior e eu como atriz. É legal essa diferença.” E, a cada relacionamento, Marina tira experiências de vida, como aconteceu com o ator Klebber Toledo, com quem namorou durante três anos. “Nenhum término de relacionamento é fácil. É sempre um ciclo se fechando, mas a vida muda, as pessoas mudam. Às vezes as mudanças são necessárias para as pessoas andarem para a frente.”


E a canceriana com ascendente em leão andou bastante para a frente. Virou até sex symbol. “Não me vejo assim. Acho que é por conta do meu personagem, e isso mexe com a imaginação dos homens.” Antes de viver Maria Ísis, Marina ajudou a genética e fez aulas de kickboxing para definir mais a silhueta. Faria muitas cenas de lingerie. “Não queria estar focada no meu corpo durante a cena. Por isso pratiquei aulas para me sentir mais segura. Mas sou magrinha. Não dá para pirar e entrar numa onda de zero gordura. É normal ter uma gordurinha aqui e ali, o bom é que tem onde apertar.” E, depois da novela, ela segue contratada da Globo e dentro de projetos da emissora. “Ainda não posso adiantar, mas já tenho bastante coisa para 2015. Olho para minha vida e fico feliz. A luta continua e ‘bora’ estudar.”

 

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss