20/11/2014 às 15h58min - Atualizada em 20/11/2014 às 15h58min

Ceni critica empresa Penalty por “aposentadoria”

- emaranhense.com

O goleiro do São Paulo, Rogério Ceni ficou chateado com a polêmica causada pela Penalty, fornecedora de materiais esportivos do clube, na última quarta-feira (19).
A forncedora anunciou, em um convite direcionado á imprensa, que o jogador se apresentaria pela última vez com a camisa do time no dia 25 de novembro.
“Não sei de onde foi tirado isso. Ninguém tem o direito de dizer o dia, escolher a data (da minha aposentadoria). Não entendo de onde surgiu isso, desconheço esse fato, de uma empresa que produz material e tem uma opinião sobre um contrato de um atleta com o seu clube. Desculpe, mas foi a primeira vez na vida que vi isso acontecer”, disse Ceni após a derrota por 1 a 0 para o Atlético Nacional, na Colômbia, pela ida das semifinais da Sul-Americana.
“Não fiquei chateado, para mim essas coisas passam. Só não entendo como acontece um negócio desses. Não entendo como uma pessoa cria uma coisa dessas”, completou o goleiro, tentando disfarçar o incômodo com a situação, mas deixando claro, em seguida, toda a sua insatisfação com a Penalty. “Para mim não causa espanto (toda a polêmica), conhecendo o fornecedor”.
O time emitiu nota na última quarta-feira desmentindo o boato e afirmando que a aposentadoria do jogador é um assunto que cabe excluisvamnete a ele.

Link
Notícias Relacionadas »
ss