30/10/2014 às 08h09min - Atualizada em 30/10/2014 às 08h09min

Novo tipo de feijão é desenvolvido para economizar água

Band
- emaranhense.com

O feijão é um dos produtos alimentícios mais consumidos no país e desde que o sudeste começou a sofrer racionamento de água por contada falta de chuvas, a sua produção foi afetada e, por isso, pesqueisadores começaram a desenvolver um grão que precisa demenos água para se desenvolver.


A safra de julho, da região, atingiu somente 20% do esperado.


No inteior do estado de São Paulo, pesquisadores do Instituto Agronômico de Campinas iniciaram a pesquisa que, em síntese, é o cruzamento  das plantas brasileiras com alguns tipos de feijão da Colômbia. Essas misturas genéticas vêm apresentando uma certa resistência à falta de água sem que haja perda na qualidade do alimento. A meta dos pesquisadores é criar um feijão que economize  pelo menos 35% de água.


Essa nova espécie de feijão tem sem tempo de cultivo reduzido de 95 dias para 75, sendo assim, o produtor precisa de menos irrigação.

 

O primeiro resultado da pesquisa já está no mercado e utiliza 30% menos água na lavoura do que os outros tipos de feijão.

Acompanhe o Portal Emaranhense, o nosso Facebook e curta a nossa Página. Entre em contato conosco pelo telefone 2107-1107 ou pelo tvmaranhense@gmail.com

Link
Notícias Relacionadas »
ss