09/07/2014 às 09h17min - Atualizada em 09/07/2014 às 09h17min

Alemanha pode repetir feito de Brasil e Itália

Time de Joachim Löw pode conquistar o tetra e encerrar jejum de 24 anos, assim como foi com as outras duas seleções

Mario Henrique de Oliveira | esportes@band.com.br

Fabrice Coffrine/AFP

Superstição e futebol sempre tiveram uma relação muito íntima e, mesmo os descrentes, quando têm uma escrita a seu favor, se apegam a ela. A Alemanha tem mais um bom motivo para acreditar na taça. Caso seja campeã, a equipe de Jochim Löw conquistará o tetra após um jejum de 24 anos de jejum, repetindo o feito de Itália e Brasil.

Primeiro país a alcançar o feito, o Brasil foi tetra em 1994. Naquela época, a seleção era muito cobrada por não conquistar o mundo desde 1970, quando Pelé ainda jogava. O time chegou aos EUA para a disputa meio desacreditado, sofreu com problemas, trocas de titulares e até de capitão, mas conseguiu se superar durante o torneio para levantar a taça na primeira decisão por pênaltis na história, contra a Itália.

Itália chegou ao tetra na Alemanha em 2006. Sua última conquista havia sido em 1982, na Espanha, quando espantou o mundo ao eliminar a encantadora seleção brasileira de Sócrates, Zico e Cia. Outra semelhança com a conquista do Brasil em 1994 é que os italianos só ergueram a taça após uma disputa de pênaltis.

Agora a história pode se repetir. E é assim que a Alemanha espera que seja. A Copa da Itália, em 1990, foi a última conquista bávara, a diferença para os títulos de brasileiros e italianos é que a Alemanha vem forte há pelo menos quatro Copas, quando chegou entre os quatro primeiros.

Mas a vontade de um título novo da Alemanha é grande e essa geração foi preparada para isso. Se a história se repetir, pela terceira vez na história teremos uma Copa decidida nas penalidades. Mas essa parte os alemães não se importam em modificar. 

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss