08/07/2014 às 10h24min - Atualizada em 08/07/2014 às 10h24min

Seleção testa força do elenco por vaga na final

No Mineirão, brasileiros desfalcados enfrentam equipe alemã completa

Da Folhapress
- esportes@band.com.br

AFP

Desfalcada de seu principal astro, o atacante Neymar, e sem o capitão, Thiago Silva, a seleção brasileira testará a força de seu conjunto contra a Alemanha, nesta terça-feira, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte.

 

Válido pelas semifinais da Copa do Mundo, o duelo definirá quem irá para a final contra o vencedor de Holanda x Argentina e terá transmissão da Band e das rádiosBandeirantesBandNews FM e Bradesco Esportes FM. O Portal da Band acompanha o lance a lance da partida.

 

Estrela do time, Neymar sofreu uma fratura na terceira vértebra da coluna depois de joelhada do colombiano Zúñiga na partida pelas quartas de final e não deve retornar nem mesmo para a final, caso o Brasil vença a Alemanha.

 

Segundo o departamento médico da Seleção, a recuperação dele levará de quatro a seis semanas. Responsável pela maioria das jogadas ofensivas do time, Neymar é o artilheiro do Brasil na Copa, com 4 gols.

 

Para o seu lugar, o técnico Luiz Felipe Scolari testou três opções no treino desta segunda-feira em Teresópolis (RJ): Willian, Paulinho e Bernard.

 

Dos três, Willian é o favorito para ficar com a vaga. Ele deve entrar para jogar aberto pelo lado direito, o que deslocará Oscar para o meio.

 

Felipão, porém, faz mistério sobre o time que enfrentará os alemães. No treino ele optou por um revezamento entre os titulares. O lateral direito Maicon, que atuou contra a Colômbia, substituindo Daniel Alves, cedeu a vez em parte do tempo ao atleta do Barcelona.

 

Uma troca, porém, é dada como certa. Na zaga Dante deve substituir Thiago Silva, suspenso com o segundo cartão amarelo. A partida também terá a volta do volante Luiz Gustavo, que cumpriu suspensão no último jogo.

 

As duas seleções viajaram nesta segunda-feira para Belo Horizonte, onde os dois técnicos são esperados para entrevistas à imprensa.

 

A seleção brasileira chega para o duelo com os alemães após uma vitória apertada sobre a Colômbia por 2 a 1. O time se apresentou bem no primeiro tempo, mas os atacantes novamente ficaram devendo e a vitória veio com os gols dos zagueiros Thiago Silva e David Luiz.

 

"Às vezes parece que a gente quer fazer três ou quatro gols para mostrar a todo mundo que está bem, e não precisamos disso", afirmou Felipão após a partida. "Precisa ter o equilíbrio de parar um pouco o jogo, valorizar um pouco a bola. 2 a 0 está ganho, não precisa fazer o terceiro e o quarto. Agora temos um embate dificílimo, mas dentro do previsto. A Alemanha estava no caminho e eles sabem disso", completou.

 

Ao contrário do Brasil, a Alemanha chega inteira para sua quarta semifinal seguida em Copas do Mundo, recorde entre as seleções. A marca foi conquistada após vitória sobre a França por 1 a 0 nas quartas de final.

 

No domingo o técnico Joachim Löw fez um treino fechado no sul da Bahia e ainda não confirmou a equipe. Mesmo com os desfalques brasileiros, ele disse que espera uma partida difícil e equilibrada.

 

"Ao longo do torneio nos tornamos sólidos e estáveis, tanto física quanto mentalmente. Vamos nos preparar bem e, certamente, faremos um grande jogo com o Brasil. As chances são iguais. Pequenas diferenças serão decisivas para ver quem chega à final", afirmou.

 

Assunto mais comentado no final de semana, a ausência de Neymar também foi lamentada pelos jogadores alemães.

 

"Todos nós estamos muito tristes por Neymar não poder jogar. Devemos nos lamentar se os melhores não estarão em campo, que é onde devem estar", afirmou Schweinsteiger.

 

FICHA TÉCNICA

 

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data/hora: 17h

Árbitro: Marco Rodriguez (México)

 

Brasil: Júlio César; Maicon (Daniel Alves), David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo e Fernandinho; Willian (Paulinho), Hulk e Oscar; Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari

 

Alemanha: Neuer; Lahm, Boateng, Hummels e Höwedes; Khedira, Schweinsteiger e Kroos; Müller e Özil; Klose Técnico: Joachim Low

Link
Notícias Relacionadas »
ss