26/06/2014 às 10h53min - Atualizada em 26/06/2014 às 10h58min

Grande SP: suspeito por morte de soldado é preso

Suspeito, de 22 anos, foi detido, após uma denúncia anônima; corpo do militar foi encontrado em matagal na última terça-feira

http://noticias.band.uol.com.br/cidades/noticia/100000691609/grande-sp-suspeito-por-morte-de-soldado
- Ricardo Valota, da BandNews FM São Paulo

Pedro Campos/Radio Bandeirantes

A polícia prendeu um dos dois homens apontados como autores do sequestro e do assassinato de um soldado da Polícia Militar, na Grande São Paulo. O suspeito, de 22 anos, foi detido, após uma denúncia anônima, na noite de ontem na residência dele, em Poá, também na região metropolitana.

 

O militar, de 28 anos, foi encontrado morto na terça-feira em um matagal, às margens da Rodovia Índio Tibiriçá, em Suzano. O soldado estava desaparecido desde a sexta-feira após ter sido sequestrado por dois homens quando chegava em casa, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. A ação foi gravada pelas câmeras de segurança de um comércio. 

 

O veículo do policial foi localizado no fim da noite de sábado dentro de um córrego, em Suzano, a 13 quilômetros do local onde o corpo estava.

 

Antes de ele ser localizado, os suspeitos foram gravados por câmeras de estabelecimentos comerciais fazendo saques e compras com os cartões da vítima.

 

Segundo a polícia, o detido é um dos homens que aparece nas imagens divulgadas pela imprensa e nas redes sociais.

 

O cartão de crédito do soldado também foi encontrado com o suspeito, que confessou a autoria do crime. Em depoimento na Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes, ele disse que o policial foi morto no mesmo dia em que foi sequestrado.

 

O outro suspeito de participar da morte do policial, que teria 28 anos, ainda é procurado. A polícia também não descarta a participação de uma terceira pessoa no crime.

 

O soldado estava desaparecido desde a sexta-feira:

Link
Notícias Relacionadas »
ss