14/05/2013 às 09h08min - Atualizada em 14/05/2013 às 09h08min

Semana de Museus será aberta nesta terça (14), com vasta programação

Os museus da cidade estarão em festa de terça-feira

Secma

 

Os museus da cidade estarão em festa de terça-feira (14) a domingo (19), em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (celebrado em 18 de maio).  No Brasil, a data foi instituída por decreto presidencial como o Dia do Museólogo e criada a Semana Nacional de Museus, pelo então Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 31 de maio de 2004.

A partir de então o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) passou a coordenar a realização da Semana de Museus em todo o país, com a colaboração do Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus, através dos museus estaduais e municipais e de instituições museológicas, com uma programação que a cada ano aborda um tema determinado pela instituição. Para este ano, a 11ª Semana de Museus desenvolverá sua programação sob o tema “Museu (memória + criatividade) = mudança social”, temática sugerida pelo museólogo carioca Mário Chagas e acatada pelo Ibram.

Em São Luís, a programação promovida pelo Governo do Estado, realizada pela Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, apoiada pela empresa TIM e pelo Sistema Estadual de Cultura, será coordenada pelo Museu Histórico e Artístico do Maranhão e acontecerá nos museus estaduais, Casas de Cultura da Secma, Palácio Cristo Rei (UFMA), Correios, Museu dos Capuchinhos, Fundação da Memória Republicana, Convento das Mercês, Museu do Sítio do Físico, Museu da Memória Áudio Visual e na cidade de Alcântara, no Museu Histórico de Alcântara, com atividades que compreendem exposições, cursos, oficinas, palestras, seminários, lançamentos, rodas de conversas, contação de história, cortejos e visitas monitoradas.

A Semana de Museus tem neste ano como meta participar a integração entre as instituições museológicas maranhenses, envolvendo 16 instituições de São Luis e Alcântara. “O formato de integração das instituições serve para quer os museus possam se apresentar para a sociedade maranhense com uma programação que traz um sentido de participação onde todos tenham oportunidade de mostrar quais são e o que tem a oferecer à comunidade", destacou Maria Luiza Raposo, diretora geral do Museu Histórico do Maranhão.

“Teremos uma novidade na programação da Semana, fato inédito no Brasil, que será um Cortejo de Museus, na qual todos os participantes serão identificados por estandartes, em São Luís e em Alcântara”, informou Luíza Raposo.

Outra novidade nessa programação vai ser uma mostra que acontecerá na Praça João Lisboa com exposição de material de divulgação das instituições participantes, a respeito de acervo, projetos desenvolvidos e de funcionamento. “A temática deste ano é uma equação criada e apresentada por Mário Chagas ao Ibram que mostra o museu com uma nova museologia social onde mudanças permanentes podem acontecer no sentido de modernizar os espaços e torná-los meios de informação mais eficientes”, destacou a diretora do MHAM.

Programação variada

O início da programação será na terça-feira (14), às 9h, com a atividade Museu vai a Rua, com cortejo de museus pelas ruas do centro da cidade, com concentração de funcionários de museus, educadores, museólogos, alunos e professores de museologia em frente à Biblioteca Pública Benedito Leite, na Praça Deodoro. Haverá deslocamento do cortejo, às 10h, pela Rua Grande até a Praça João Lisboa, onde haverá a 1ª Mostra de Museus, seguida de performance interativa através de multimídias e redes sociais “Para além da memória”.

No período da tarde, às 17h, será feito o lançamento do carimbo “O Museu vai à Rua”, no Espaço Cultural dos Correios, com  deslocamento de cortejo da Praça João Lisboa até o Museu Histórico e Artístico do Maranhão,  na Rua do Sol. No mesmo local, às 19h, terá a abertura da 11ª Semana Nacional de Museus, com palestra “Museu (memória + criatividade) = mudança social”, ministrada pelo Museólogo Mário Chagas, no Teatro Apolônia Pinto e apresentação do Grupo de Choro Instrumental Pixinguinha, da Escola de Música Lilah Lisboa, nos jardins do MHAM.

Outros espaços museológicos da cidade estarão com atividades da Semana na terça-feira, se estendendo até a sexta-feira (17), com visitas e exposições diárias abertas ao público, com monitoramento de profissionais da área. Exemplo disso estão as visitas ao Museu Histórico e Artístico do Maranhão e Museu de Arte Sacra (Rua do Sol), no horário das 9h às 17h; Exposição “Fibras e Tramas de Barreirinhas”, na Casa de Nhozinho (Rua Portugal,185-Praia Grande), das 9h às 19h; Exposição Correios, por meio do Tempo, no Espaço Cultural da agência Central dos Correios (Praça João Lisboa), no horário das 8h às 17h.

Na quarta-feira (15), outras atividades serão abertas gratuitamente à comunidade, prosseguindo até a sexta-feira. No Ponto de Memória: Boi da Floresta, adolescentes e adultos poderão participar da oficina Foto na Lata, que acontecerá no horário das 9h às 11h. Enquanto no Museu dos Capuchinhos (Largo do Carmo), das 9h às 11h será ministrada a Oficina Fabricação de Fantoches para adolescentes de 12 a 17 anos. As portas do espaço estarão abertas para visitação pública, das 9h às 11h.

Ainda na quarta-feira das 15h às 15h30, o Museu Histórico e Artístico será palco para a atividade Contação de História - A Balaiada, dirigida ao público de alunos do Ensino Fundamental de Escolas Públicas. E no mesmo dia, das 15h às 17h, no Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão (Rua do Giz, 49 - Praia Grande) será ministrada a Oficina de Réplicas da Megafauna (Dinossauros). Haverá visita mediada ao órgão diariamente, nos horários das 8h às 12h e 14h às 18h.

Mais roteiro

A Oficina Convivência com as artesãs, aberta à comunidade, acontecerá na Casa de Nhozinho, das 16h às 17h30; e na Casa da FÉsta (Centro Cultura Popular Domingos Vieira Filho-Rua do Giz-Praia Grande), das 17h45 às 19h, será aberta a exposição Divina Festa, com apresentação de Caixeiras do Divino.

Na cidade de Alcântara, a quinta-feira (16) a programação da 11ª Semana de Museus contará com o cortejo O Museu vai às Ruas, das 8h às 9h. Na Casa Histórica de Alcântara, das 9h às 12h e das 13h às 18h, acontecerá a oficina Memória e Envelhecimento, voltada para o público da terceira idade. No horário das 9h às 12h, acontecerá a Oficina de Reciclagem com Dulcinéia Nogueira, voltada para clientela de alunos do Ensino Médio de Escola Pública da zona rural; e das 10h às 16h, Exposição Devotos da Santa Croa.

No Mirante do Palácio Cristo Rei (UFMA), na Praça Gonçalves Dias, em São Luís, das 8h às 11h e 14h às 17h, terá Exposição de Biscuit. Também haverá visita ao Sítio Piranhenga, no horário das 14h às 17h, e visita mediada diariamente das 8h às 11h.

No Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão (Rua do Giz nº 49 - Praia Grande), das 15h às 17h, será ministrada a oficina de Confecção de Cerâmica Arqueológica - Cerâmica (Arqueologia), aberta ao público.

O Teatro Apolônia Pinto do Museu Histórico e Artístico do Maranhão (Rua do Sol), será palco para o espetáculo teatral Saga de uma Ilha, que será apresentado por alunos do Centro de Arte Cênicas do Maranhão (Cacem), às 15h da quinta-feira (16).

Na sexta-feira (17), o Centro da História Natural e Arqueologia do Maranhão (Rua do Giz, nº 49 - Praia Grande) recebe o público da comunidade para a oficina de Confecção de Material Indígena, das 15h às 17h. Enquanto isso, a Fundação da Memória Republicana Brasileira, no bairro do Desterro abre as portas para a comunidade e universitários dos cursos de Turismo, História e Educação Artística, com uma Roda de conversa com diretores de Museus, das 16h às 18h.

No Ponto de Memória do Boi da Floresta, a comunidade participa da Rodada de Tambor de Crioula, às 16h30. No Convento das Mercês, alunos do curso de teatro do Cacem apresentam o espetáculo A Voz de Ana, às 18h.

Para fechar a programação do dia, no Museu da Memória Áudio Visual do Maranhão, às 19h o público poderá assistir a Exibição de Documentários. No Museu dos Capuchinhos (Largo do Carmo) adolescentes da comunidade podem participar de uma Oficina de Pintura que será ministrada no sábado (18), das 9h às 11h.

No domingo (19), o Encerramento 11ª Semana Nacional de Museus será no Ecomuseu Sítio do Físico, com uma Exposição de objetos arqueológicos (achados que afloram com a chuva) e visita ao Sítio do Físico, das 8h30 às 11h30, com concentração no estacionamento do Centro de Criatividade Odylo Costa, filho para o cortejo de museus.

Link
Notícias Relacionadas »
ss