29/05/2014 às 10h38min - Atualizada em 29/05/2014 às 10h38min

Projeto “Conexão Dança”, começa com grande programação, em São Luís

Jeferson Lauande
- Letícya Nascimento

O projeto cultural será lançando dia 02 de junho (segunda-feira), às 18h, na Galeria Trapiche (Centro Histórico). No Teatro Alcione Nazaré, tem espetáculo “A Projetista”, às 19h e o João do Vale, recebe “Negrume”, com balé baião de dança do Ceará, às 20h30. Todos com entrada gratuita. 

Consagrado como um dos principais projetos culturais em São Luís, o “Conexão Dança”, inicia uma longa e divertida programação cultural na capital maranhense. Em sua 6° edição, o projeto traz como abertura, a exposição "Deslocação" de Márcio Vasconcelos (MA) e “Instalação Transeuntes” de Marcos Ferreira (MA), na Galeria Trapiche (18h), e "A Projetista", com Dudude Herrmann, no Teatro Alcione Nazaré, às 19h, na próxima segunda-feira, 02 de junho.  

No mesmo dia, o Teatro João do Vale, recebe “Negrume”, com Balé Baião de Dança Contemporânea (CE), às 20h30 e o SESC Deodoro será palco da Mostra  de Vídeodança Itinerante "On Tour Dança em Foco 2014", às 12h e às 20h, no Centro de Ciências Humanas da UFMA. 

O público pode acompanhar gratuitamente as apresentações locais, nacionais, residência artística, oficinas, cursos,  exposições, conversas, lançamento de livro e videodança, durante todos os dias, até 08 de junho (domingo). O evento ficará em cartaz em diversos pontos culturais da cidade, entre eles, os teatros João do Vale, Guest House e Alcione Nazaré. Também nos espaços alternativos, como a Praia Grande, Fonte do Ribeirão, Laborarte, UFMA e Galeria Trapiche.

Contemplado no programa CAIXA de apoio ao Festival de Teatro e Dança, tem a realização do “BemDito Coletivo”, conta com apoio do Sesc Maranhão e com a parceria da Guest House.  A programação da “Conexão dança” é gratuita e nas apresentações em espaços fechados (teatros e Guest House) os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência.

SOBRE “A PROJETISTA”

Em plena fase de maturidade artística, Dudude segue com o espetáculo “A Projetista”, ou melhor, um desejo de espetáculo estreado em setembro de 2011 no 1,2 na Dança em Belo Horizonte. Em cena, a intérprete disserta todo o tempo sobre o seu possível e próximo projeto artístico. Ela projeta no espaço sempre um pouco mais adiante. 

Cada insinuação de dança ou pensamento são novas ideias e vontades que brotam de uma mente e corpo inquietos. “Este novo trabalho talvez seja um desabafo, um manifesto, de mais um artista criador de nosso tempo, frente aos mecanismos para se viabilizar a cultura e a arte”, diz.

Para Dudude, o artista-projetista se tornou um sintoma contemporâneo que começou nos anos 90, quando toda uma geração criadora passou a mudar a postura em relação ao mercado, organizando-se frente às exigências solicitadas, suprindo demandas e, ao mesmo tempo, tornando-se refém.

SOBRE DUDUDE HERRMANN

Bailarina, improvisadora, performer, coreógrafa, diretora de espetáculos e professora de dança.  Dudude é um das percursoras na formação e criação em dança contemporânea em Belo Horizonte, desenvolveu uma pedagogia para o ensino da dança contemporânea e uma constante pesquisa para a construção da linguagem contemporânea em dança. 

Começou os estudos nos anos 70 e fez parte da geração do Grupo Trans-Forma BH/MG. Por 15 anos, dirigiu seu estúdio promovendo diversas atividades na área de dança e seus desdobramentos. Esteve à frente da Benvinda Cia de Dança por 16 anos.  Atualmente trabalha em seu Atelier onde promove eventos focados na arte contemporânea. Dudude segue trabalhando interessada e curiosa em assuntos de arte/vida.

CONEXÃO DANÇA E SUA PROGRAMAÇÃO

O projeto é um conjunto de ações direcionadas para artistas da dança, performance, artes visuais, teatro entre outras linguagens, promovendo um espaço de circulação e encontro, em sua diversidade de linguagens, perspectivas de criação e pesquisa no universo artístico contemporâneo tendo o corpo como acionador de questões. 

O “Conexão Dança – ANO VI” trará a São Luís os mineiros Vanilton Lakka e Dudude Herrmann, com “Mono-blocos” e “A projetista”, os dois também estabeleceram encontros com os artistas da cidade por meio doOpen Space Mono-blocos: sugestões para uma cidade habitar um corpo e a oficina deDança/Criação/Improvisação. 

De São Paulo Clarice Lima & Gente Fina, Elegante e Sincera apresentará Intérpretes em Crise e DPI EE Experimento Espetacular que contará com a participação de artistas maranhenses. Também de SP, Bruno Levorin mostra Desastreologia. 

Artista-criadora de dança, Janaina Lobo (PI), apresentará Sotaque pesquisa coreográfica selecionado noRumos Itaú Cultural Dança 2010-2014. Os cearenses de Itapipoca do Balé Baião Cia de Dança em circulação pelo nordeste apresentam Negrume e ministram a oficina Corporeidades mestiças na cena contemporânea que será realizada no Laborarte. Em sua sexta edição, o evento conta ainda com a participação dos artistas locais, Julia Emília/ Grupo Teatro dança, Hélio Martins, Marcia Aquino, Gê Viana, Cléo Junior, Egnaldo Gomes, Tieta Macau, Carla Purcina, Ruan Paz, Luriana Barros, Yuri Azevedo, Erivelto Viana, Doroti Martz, Núcleo de Formação Artística/ Donny dos Santos, Diones Caldas e Tairo Lisboa. 

O “Conexão Dança”, busca promover encontros e ocupar a cidade com vasta programação cultura e esse ano, estende seus trabalhos às praças e teatros do Centro Histórico (Patrimônio Cultural da Humanidade) e espaços alternativos. Ao longo da semana, a Galeria Trapiche, será ocupada com a exposição fotográfica de Márcio Vasconcelos, intervenção de Marcos Ferreira, lançamento do livro e bate-papo com Dudude, apresentações e intervenções. A abertura e festa de encerramento também acontecerão no local. 

E MAIS: a oficina teórica Temas da Dança com Flavia Meireles (RJ) e o bate-papo na UFMA com Vanilton Lakka (MG) sobre formação do artista cênico e sua articulação com o espaço urbano.  A mostra de Videodança Itinerante “On tour Dança em Foco 2014” passará pelo Sebo no chão - Cahatrac, UFMA, Estacionamento do Reviver, Tambor do Amaral, Fonte do Ribeirão, Praça Nauro Machado e na Galeria Trapiche. “Conectando” com Casarão das Artes, projeto do Laborarte organiza oficina e espetáculo que relaciona a dança Butoh e dos Orixás com Calé Miranda(RJ), uma produção da Cia. Da Ação!

SERVIÇOS

O QUE? VI Edição do “Conexão Dança” em São Luís
QUANDO? Abertura dia 02 de junho, às 18h, na Galeria Trapiche (Centro Histórico) e 19h, apresentação do espetáculo “A Projetista”, no Teatro Alcione Nazaré. A programação segue até dia 08 de junho (domingo).
ONDE ? Galeria Trapiche (Centro Histórico), Teatro Artur Azevedo, João do Vale, Alcione de Nazaré e Guest House. Também na Praia Grande, Fonte do Ribeirão, Laborarte, UFMA e Galeria Trapiche.
INGRESSOS? ENTRADA FRANCA  

 

                                                                                                          

Link
Comentários »
Notícias Relacionadas »
ss