14/04/2014 às 12h04min - Atualizada em 14/04/2014 às 12h04min

Prefeitura inicia projeto de alimentação e nutrição saudável nas escolas

O objetivo é levar informação e orientações sobre as riquezas nutricionais dos alimentos, além de conscientizar os alunos sobre os benefícios de uma alimentação adequada

Secom/Prefeitura de São Luís

A Prefeitura de São Luís deu início ao projeto Alimentação e Nutrição Saudável nas Escolas que será desenvolvido pela Secretaria de Segurança Alimentar (Semsa). O objetivo é levar informação e orientações sobre as riquezas nutricionais dos alimentos, além de conscientizar os alunos sobre os benefícios de uma alimentação adequada. 
 
O projeto foi apresentado esta semana aos gestores escolares, coordenadores pedagógicos, professores e pais de alunos da rede municipal de ensino na Unidade de Ensino Básico (U.E.B.) Tom e Jerry, no Vinhais. “Recebemos total adesão dos gestores e dos pais. É mais uma importante ação da Segurança Alimentar que irá contribuir para a melhoria da educação no município, seguindo a determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior”, destacou a titular da Semsa, Fatima Ribeiro.
 
As atividades serão iniciadas na próxima quarta-feira (23), das 14h às 16 h, na U.E.B. Tom e Jerry. Uma equipe de nutricionistas da Semsa realizará palestras com pais de alunos sobre hábitos alimentares saudáveis. Na quinta-feira (24), haverá apresentação do teatro de fantoches NutriAmigos para sensibilizar os estudantes. “A prioridade são os estudantes da educação infantil, que poderão ainda levar esse aprendizado para dentro de casa, para seus pais e amigos”, informou a nutricionista Maria Bernarda da Silva. 
 
O projeto segue determinação da Coordenação Geral da Política de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde. O órgão elaborou o relatório Dez Passos para a Promoção da Alimentação Saudável nas Escolas, com o objetivo de estimular a adesão da comunidade escolar a hábitos alimentares saudáveis e atitudes de autocuidado e promoção da saúde. “Estas estratégias são executadas de maneira complementar permitindo a elaboração de ações em acordo com a realidade de cada escola e comunidade”, explicou a nutricionista.
 
Os educadores também serão munidos de informações para que posteriormente dêem continuidade ao trabalho em sala de aula. 
 
ETAPAS 
O relatório Dez Passos para a Promoção da Alimentação Saudável nas Escolas enumera as etapas para que as instituições alcancem a sensibilização de seu público para a alimentação adequada. Segundo o documento, a escola deve definir estratégias, em conjunto com a comunidade escolar, profissionais e famílias para favorecer escolhas saudáveis. As ações a serem desenvolvidas incluem reforçar a abordagem da promoção da saúde e da alimentação saudável nas atividades curriculares da escola, capacitação de profissionais, relatos de experiências e elaboração de ações preventivas e de estímulo aos hábitos saudáveis.

Link
Notícias Relacionadas »
ss