28/11/2019 às 08h47min - Atualizada em 28/11/2019 às 08h47min

Assassino confesso de Décio Sá é levado a júri popular por outro crime, no MA

O pistoleiro Jhonatan de Sousa Silva, assassino confesso de Décio Sá, será levado a júri popular nesta quinta-feira (28). O júri acontecerá no Fórum de Justiça de Santa Inês, por outro crime cometido em 12 de outubro de 2010.

 

De acordo com informações, Jhonatan é acusado de executar a tiros dois homens que jogavam sinuca com ele em um bar localizado na zona rural do município de Santa Inês, após discussão por causa de uma aposta de $5.

 

Identificadas como Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira, as vítimas foram baleadas na cabeça. Jhonatan chegou a ser localizado pela Polícia Militar (PM) depois do crime em um balneário na zona rural de Pindaré, mas conseguiu fugir do flagrante.

 

Esta é a segunda vez em 2019 que o acusado senta no banco dos réus. Ainda em setembro deste ano ele foi julgado pelo assassinato de um preso dentro do presídio de Pedrinhas, em São Luís. Os jurados levaram em conta a tese da legítima defesa. Jhonatan afirmou ter matado o presidiário Alan Kardec Dias Mota em janeiro do ano de 2018 porque estava sendo ameaçado por ele.

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss