15/08/2019 às 10h01min - Atualizada em 15/08/2019 às 10h01min

Condutor embriagado é condenado a 11 anos de reclusão após matar criança em abril de 2015, na capital

O auxiliar administrativo Carlos Diego Araújo Almeida, de 25 anos, foi condenado a 11 anos e 1 mês de prisão em regime fechado pelo homicídio doloso de Laura Burnett Marão, de 8 anos, e por lesão corporal de Felipe Burnett Marão, irmão de Laura.

O crime aconteceu na madrugada do dia 26 de abril de 2015, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro Bequimão, em São Luís. O carro de réu colidiu com o carro em que estavam as vítimas.

O julgamento, que aconteceu no Fórum Desembargador Sarney Costa, localizado no bairro Calhau, foi presidida pelo juiz Flávio Roberto Ribeiro Soares que responde pela 4ª Vara do Tribunal do Júri. Foi decidido que o réu deve cumprir imediatamente a pena, em regime fechado, sendo negado o direito de recorrer em liberdade.

Link
Notícias Relacionadas »
ss