17/07/2019 às 10h36min - Atualizada em 17/07/2019 às 10h36min

Dois casos de estupro de vulnerável são registrados em menos de 10 dias, no Maranhão

Nesta terça-feira (16), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Especial da Mulher de Itapecuru-Mirim, prendeu Genésio Sousa Bezerra, por suspeita de crime de estupro contra a própria neta, uma criança de apenas 12 anos.

O suspeito foi preso no Povoado Carmo e operação foi comandada pela Delegada Tainara Mendes Cunha.

Esse já é o segundo caso de estupro envolvendo avô e neta, em menos de 10 dias, registrado no estado. No dia 9 deste mês, no Povoado Mata, zona rural de Icatu, a polícia cumpriu o mandado de prisão preventiva de José Ribamar Alves, (62), pela prática de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma neta de 11 anos.

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss