04/07/2019 às 10h10min - Atualizada em 04/07/2019 às 10h10min

Casos de violência sexual contra criança cresce em relação ao ano de 2018, em Codó

Em 2019, pelo menos 25 casos de violência sexual contra crianças já foram registrados no município de Codó. O número de violência é considerado bem maior em relação ao mesmo período do ano passado.

De acordo com dados disponibilizados pelo Conselho Tutelar, na maioria dos casos o agressor é alguém da própria família. Apesar dos números serem considerados alarmantes para o Conselho Tutelar, eles nunca são equivalentes aos dos criminosos sexuais punidos em Codó. A maioria continua respondendo a processos em liberdade.

A Legislação atual diz que não precisa que o ato seja consumado para que seja considerado estupro. O crime de estupro consiste em constranger alguém mediante violência ou ameaça a ter conjunção carnal ou permitir que com ele se pratique qualquer ato libidinoso.

Link
Notícias Relacionadas »
ss