18/06/2019 às 10h13min - Atualizada em 18/06/2019 às 10h13min

Chacina em Coelho Neto: suspeito de ser mandante é transferido para São Luís

Foi transferido para São Luís nesta segunda-feira (17) o suspeito de ser o mandante da chacina que resultou na morte de quatro pessoas em Coelho Neto, Identificado como Antônio Carlos Sobral da Rocha, o ‘Didoca’, foi preso enquanto tentava fugir da cidade de Vitória do Mearim para Imperatriz.

Segundo informações do delegado Jorge Pacheco, o suspeito foi localizado após a Polícia Civil receber uma denúncia de que ele estava fugindo para Imperatriz. Uma barreira policial foi montada entre os municípios de Vitória do Mearim e Santa Inês, e após algumas abordagens, ele foi reconhecido e preso pela polícia.

Ainda de acordo com informações, o crime foi cometido por vingança e estaria sendo planejado há anos. As investigações já apontam que membros da família rival, as vítimas da chacina, teriam assassinado um membro da família de Antônio Carlos Sobral.

O suspeito responde ainda por outros sete homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. A suspeita é de que a ficha criminal de Antônio Carlos seja maior e que ele esteja envolvido em outros crimes que ainda não foram solucionados pela polícia.

Após ter sido apresentado a sede da Polícia Civil em São Luís, Antônio foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde permanecerá à disposição da Justiça. As investigações sobre o crime ainda estão em andamento, já que os suspeitos de terem disparado contra as vítimas ainda não foram localizados e presos.

 

 

 

 

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss