12/04/2019 às 10h26min - Atualizada em 12/04/2019 às 10h26min

Três homens são condenados por assassinato e ocultação de corpo, no Maranhão.

Na quarta-feira (10), o Tribunal do Júri da Comarca de Santa Inês, condenou Jhonatan dos Santos Reis, Luís Henrique Rocha Mendes e Werley Nogueira Leal, em regime inicial fechado, às respectivas penas de reclusão de 18 anos e 2 meses; 18 anos; e 20 anos, 7 meses e 15 dias, pelo assassinato de Denilson Cassiano Matos, no dia 9 de junho de 2017.  

A vítima foi atingida com vários golpes de facão. Em seguida, foi decapitada e enterrada, na tentativa de ocultação de cadáver. Outros quatro adolescentes que participaram do crime, cumprem medida socioeducativa, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O Ministério Público do Maranhão (MP/MA), denunciou os criminosos pela prática de homicídio por motivo torpe, cruel e mediante dissimulação, impossibilitando que a vítima pudesse se defender. O MP também considerou a ocultação de cadáver e a corrupção de menores.

 

Link
Notícias Relacionadas »
ss